Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1459
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: A indústria cultural como instrumento da hegemonia do neoliberalismo e as perspectivas de contra hegemonia
Autor(es)/Inventor(es): Leal, Carlos Alberto Salim
Orientador: Coutinho, Eduardo Granja
Resumo: Investiga a centralidade da Indústria Cultural na instauração da hegemonia ideológica da classe dominante que marcou a instauração do neoliberalismo, assim como as perspectivas da construção de um campo de comunicação contrahegemônico para o enfrentamento de tal modelo. O deslocamento de capitais para o setor de serviços, verificado a partir da segunda metade da década de 70 e aprofundado na década de 90, principalmente na área de informação e de comunicação, é de potencial interesse para o entendimento do atual estágio de reprodução do capitalismo. Este processo tem estreita relação com a diminuição da taxa de lucros no âmbito da produção, resultante da crise que o capitalismo atravessa, e a necessidade da adoção, portanto, de estratégias marginais para apropriação de mais-valia. A interação entre a expansão da Indústria Cultural e a implementação dos mecanismos econômicos neoliberais acabou por gerar um “mercado simbólico”, no qual as relações sociais e identidades culturais são reificadas. Esta interação foi fator determinante do refluxo dos movimentos sociais na década de 90. No momento em que o neoliberalismo apresenta sinais de esgotamento, e que os movimentos sociais iniciam sua reorganização, o trabalho busca analisar a importância fundamental de que estes movimentos estruturem um campo de comunicação contrahegemônico para fazerem frente à hegemonia neoliberal e seu “mercado simbólico”.
Palavras-chave: Indústria cultural
Neoliberalismo
Economia
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 23-Jun-2006
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: LEAL, Carlos Alberto Salim. A indústria cultural como instrumento da hegemonia do neoliberalismo e as perspectivas de contra-hegemonia. 2006. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.
URI: http://hdl.handle.net/11422/1459
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CLEAL.pdf391,55 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.