Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/180
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Arquitetura de bibliotecas públicas : representação social da Biblioteca Nacional, do Real Gabinete Português de Leitura e da Biblioteca Parque Estadual
Autor(es)/Inventor(es): Andrade, Jéssica Souza de
Orientador: Pereira, Patrícia Mallmann Souto
Coorientador: Ribeiro, Cláudio Rezende
Resumo: A arquitetura dos edifícios de bibliotecas públicas pode interferir no modo como os usuários as veem. Essa influência pode ser positiva, aproximando o usuário se o modelo arquitetônico for atrativo e causar uma curiosidade e conforto ao público, ou negativa, afastando-o, se aparentar o contrário. Algumas bibliotecas públicas históricas possuem peculiaridades em sua aparência e características arquitetônicas que as elitizam no imaginário popular e, assim, distanciam parte da população, impedindo a instituição de cumprir com seu principal dever: a disseminação da informação sem nenhuma distinção de público. O objetivo do presente trabalho é discutir se há influência exercida pelo estilo arquitetônico das bibliotecas públicas em seus usuários potenciais, considerando três bibliotecas públicas do Centro da Cidade do Rio de Janeiro: a Biblioteca Nacional, o Real Gabinete Português de Leitura e a Biblioteca Parque Estadual. É utilizada a teoria das representações sociais, com base no autor Moscovici, para refletir sobre a questão que se remete ao conhecimento originado pelo senso comum visando explicar teoricamente a maneira como o mesmo é construído, São abordados conceitos de Arquitetura e seus significados artísticos e sociais, são analisadas as funções da biblioteca pública baseadas no autor Almeida Junior. Buscou-se um entendimento do tipo de Arquitetura de cada uma das três bibliotecas citadas. Como resultados, foram apresentados relatos das observações feitas nas bibliotecas estudadas e elaborado um quadro diagnóstico de acordo com as funções das bibliotecas públicas apontadas por Almeida Junior, comparando-as com as três unidades de informação. Ao final, conclui-se que, apresar da preocupação em manter a história e a arquitetura de um local, algumas iniciativas podem ser tomadas para tornar a biblioteca mais aberta e atrativa.
Palavras-chave: Arquitetura
Biblioteca Pública
Biblioteca Nacional do Brasil
Real Gabinete Português de Leitura
Biblioteca Parque Estadual
Estilo arquitetônico
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIA
Departamento: Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 9-Mar-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/180
Aparece nas coleções:Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC - Jéssica Andrade - Arquitetura de Bibliotecas públicas.pdf2,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.