Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2043
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Pseudoclivadas: uma análise cartográfica
Autor(es)/Inventor(es): Trianon, Rafael Berg Esteves
Orientador: Medeiros, Alessandro Boechat de
Resumo: Neste trabalho, trataremos de uma informação semântico-pragmática que também pode vir expressa através da sintaxe: o foco. Em PB, o foco pode ser expresso de diversas formas: (2) a. O JOÃO1 comeu o bolo. (foco in situ); b. Foi O JOÃO que comeu o bolo. (clivada canônica); c. O JOÃO foi que comeu o bolo. (clivada invertida); d. O JOÃO que comeu o bolo. (foco + que); e. Comeu o bolo foi O JOÃO. (semiclivada); f. Quem comeu o bolo foi O JOÃO. (pseudoclivada canônica); g. Foi O JOÃO quem comeu o bolo. (pseudoclivada invertida); h. O JOÃO foi quem comeu o bolo. (pseudoclivada invertida com foco pré-cópula); Esta pesquisa se dedica ao estudo das formas (2f), (2g) e (2h), estratégias de focalização (marcação explícita do foco) chamadas de pseudoclivadas. Tais tipos de construção apresentam os mesmos elementos: uma oração relativa livre (no exemplo, [quem comeu o bolo]), o verbo copular [ser] e um sintagma focalizado (no exemplo, [O JOÃO]). A literatura, de uma forma geral, não se dedica a propor uma análise que justifique a alternância entre essas três formas. Por isso, nossa análise busca compreender possíveis motivações para que essa variação ocorra.
Palavras-chave: Pseudoclivagem
Sintaxe gerativa
Cartografia
Português do Brasil
Assunto CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Departamento: Faculdade de Letras
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2043
Aparece nas coleções:Letras - Literaturas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TrianonR.pdf1,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.