Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3035
Tipo: Tese
Título: Caracterização da ictiofauna do alto rio Paraguaçu, com ênfase nos rios santo Antônio e São José (Chapada Diamantina, Bahia)
Autor(es)/Inventor(es): Santos, Alexandre Clistenes de Alcântara
Orientador: Caramashi, Érica Pellegrini
Resumo: Os rios São José e Santo Antonio são afluentes representativos do rio Paraguaçu e apresentam diferentes condições fisiográficas e de alteração antrópica. Neste capítulo é descrita a dieta e aspectos reprodutivos de cinco espécies abundantes e comuns aos dois rios, e é discutido o possível efeito das condições de degradação física do rio São José sobre os parâmetros bionômicos das populações. A alimentação foi analisada a partir da Frequência de Ocorrência, e do método Volumétrico combinados no Índice de Importância Alimentar, e da amplitude do nicho alimentar. Para a reprodução, registraram-se sexo e estádio de maturação, e verificaram-se a relação gonadossomática, a proporção sexual, o fator de condição e o tamanho da primeira maturação. Os resultados indicaram menor contribuição de itens alóctones no rio São José, provavelmente causada pelo desmatamento ocorrido em suas margens, influenciando a dieta das espécies mais dependentes deste recurso. No rio Santo Antonio, a mudança de hábito alimentar dos piscívoros foi possivelmente causada pela diminuição da disponibilidade das presas originais, face a presença de piscívoros introduzidos. Houve tendência de redução do tamanho médio no rio São José, principalmente para as espécies piscívoras. Não foi observada diferença na proporção macho-fêmea. A constatação de diferenças no tamanho do menor indivíduo maduro entre os rios, principalmente para fêmeas, corrobora a preconizada flexibilidade deste parâmetro em resposta a condições ambientais distintas. Dos parâmetros analisados, a menor proporção de itens alóctones na dieta evidenciou diferenças entre os rios e pode ser considerada um produto indireto da atividade garimpeira na área.
Resumo : The São José and Santo Antônio Rivers are representative affluents of the Paraguaçu River, although they demonstrated different physiographic qualities, and differ in their degrees of anthropogenic disturbance. ln this chapter, the diet and reproductive features of five abundant fish species, common to both affluents, will be described, as well as the possible effects of the degraded environment of the São José River on the biological parameters of the populations. Feeding was analyzed through the Frequency of Occurrence, and by the Volumetric method, combined in an Alimentary lndex, and the niche width was calculated. ln documenting reproduction, the sex and the state of maturity of the fish were noted, as well as the gonadosomatic relation, sexual ratios, condition factor, and size at first maturation. The results indicate a lesser contribution of allochthonous items in the São José River. This may be due to the effects of deforestation along its margins, which would influence those species that are more dependent upon those resources. ln the Santo Antônio River, the changes in the dietary habits of piscivorous was possibly caused by the diminished availability of their traditional prey, due to the presence of introduced piscivorous. There was a tendency towards a reduction in the average size of the fish, especially of piscivorous species, in the São José River. No differences in the male/female rations were observed. The existence of differences between the two rivers in the size of the smallest sexually mature individuais, principally for females, agrees with the previously recognized flexibility of this parameter in response to distinct environmental conditions. Among the parameters analyzed, the lesser proportion of allochthonous items in the diet of fish from the São José River was marked, and can be considered an indirect result of past mining activity in the area.
Palavras-chave: Peixes
Biodiversidade
Sazonalidade
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::COMPORTAMENTO ANIMAL
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Dez-2003
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3035
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
840746.pdf16,3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.