Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3139
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: PNAIC: (DIS) CURSO para uma política (de/trans) formação continuada de professores alfabetizadores de São José de Ubá (RJ)
Autor(es)/Inventor(es): Silva, Ingrid da Cruz
Orientador: Souza, Elaine Constant Pereira de
Resumo: Aborda as políticas de formação continuada de professores alfabetizadores, tendo como objeto de estudo o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Um programa de formação continuada de professores alfabetizadores na modalidade presencial, na qual possui como discurso oficial a melhoria da aprendizagem de leitura/escrita e matemática nas séries iniciais do ensino fundamental, sendo implementado pelo Ministério da Educação em parcerias com as Universidades. A pesquisa analisa a seguinte preocupação: Como se consolidam as ações formativas do PNAIC no que se refere ao distanciamento e/ou aproximação entre o discurso oficial desta política híbrida e o princípio de que a formação continuada pode ser um espaço em que o professor pense suas práticas e suas relações cotidianas, como possibilidade de ver-se inserido em um processo formativo. Neste sentido, a pesquisa envolveu reflexões sobre o sentido híbrido desta política e possíveis nuances. Dentro dessa lógica, verificou-se a necessidade de aprofundamentos dos estudos legais sobre a formação continuada por meio dos programas nacionais para alfabetização nos governos de Fernando Henrique e Luiz Inácio Lula da Silva. Esta investigação foi motivada por algumas questões norteadoras: Que concepções de formação continuada estão presentes nesta política educacional? Em que medida o programa é reinventado nos municípios? Como se situam os professores alfabetizadores nos processos de investigação da própria prática orientados pelos cadernos de formação proposto pelo programa? Os sentidos híbridos atribuídos ao PNAIC acreditam no ato formativo e na interação dialógica entre universidade e escola básica. Esses apontamentos permitiram investigar as nuances que compõem esta política educacional e seus desdobramentos no cotidiano escolar. Esse conjunto de ações busca soluções que equacionem as convergências, divergências, diferenças, contradições, e também pontos em comum, tanto nas práticas de pesquisa, quanto nas práticas de ensino, quando socializadas entre os diferentes protagonistas. Para tal, foram utilizados os aportes teóricos de Gatti (2008); Afonso (2000); Oliveira (2009); Mainardes (2006) e Bakhtin (2003). A pesquisa alcançou resultados a partir dos relatos de professores alfabetizadores de São José de Ubá, documentos internos e externos do PNAIC e levantamento bibliográfico sobre os conceitos de dialogismo, multiculturalismo, intercultura e processos formativos. Desse modo, buscaram-se compreensões acerca dos processos de significação que está implicado em uma proposta política de formação que podem contribuir com os processos formativos dos sujeitos e das práticas que mobilizam.
Palavras-chave: Ensino fundamental
Formação de professores
Formação continuada do professor
Alfabetização
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO PERMANENTE
Departamento: Faculdade de Educação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 26-Nov-2015
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: SILVA, Ingrid da Cruz. PNAIC: (DIS) CURSO para uma política (de/trans) formação continuada de professores alfabetizadores de São José de Ubá. 2015. 90 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.
URI: http://hdl.handle.net/11422/3139
Aparece nas coleções:Pedagogia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ICSilva.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.