Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3535
Tipo: Dissertação
Título: Aspectos da variação morfométrica em Triacanthagyna septima (Selys, 1857) (Insecta, Odonata, Aeshnidae), com notas sobre a sua taxonomia
Título(s) alternativo(s): Aspects of the morphometric variation in Triacanthagyna septima (Selys, 185 7) (Insecta, Odonata, Aeshnidae) with taxonomic notes
Autor(es)/Inventor(es): Calil , Eduardo Rodrigues
Orientador: Carvalho , Alcimar do Lago
Resumo: Triacanthagyna septima, distribuída do sul do México e Grandes Antilhas ao sudeste do Brasil, apresenta variações morfológicas de natureza discreta em determinadas estruturas de sua venação alar. Essas variações foram analisadas por métodos estatísticos, através do exame de 225 exemplares provenientes da Região Sudeste do Brasil, para a descrição dos padrões de frequência dos seus diferentes estados e a correlação desses padrões com medidas corporais quantitativas, de natureza contínua. A ocorrência de um determinado número de células nos componentes da venação alar parece estar associada às dimensões das asas. Os intervalos nos quais os valores das medidas corporais quantitativas variam têm seus limites inferiores nos machos e os superiores nas fêmeas, embora haja larga sobreposição. Os valores dos parâmetros estatísticos dessas variáveis também são maiores nas fêmeas. Através de metodologias multivariadas, avaliou-se o grau de distinção morfométrica entre os sexos. A Análise de Função Discriminante permitiu a distinção entre machos e fêmeas, com base em um único eixo, tendo como variáveis significativas o comprimento e a largura da asa posterior. De acordo com a Análise de Componente Principal (PCA), apenas um eixo significativo foi obtido a partir dos dados e as variáveis que mais contribuíram para a sua formação foram o comprimento e a largura da asa posterior. Apresenta-se neste trabalho um catálogo sistemático reunindo o maior número possível de referências acerca de T. septima (Selys, 1857) e se discute a questionável sinonímia, mencionada na literatura, entre essa espécie e T. obscuripennis (Blanchard, 1843). O exame minucioso da descrição original de T. obscuripennis revelou que essa espécie e T. septima são entidades distintas e que a primeira está relacionada ao "trifida group" de Williamson (1923), no qual T. septima não se inclui.
Resumo : Triacanthagyna septima occurs from South Mexico and Greater Antilles to Southeastern Brazil. This species shows morphological variations of discrete nature in some structures of the wing venation. These variations were analyzed, using statistical methods, in 225 specimens from Southeastern Brazil. This analysis was carried out with the aim of describing the frequency patterns of the distinct character states and their correlation with quantitative body measurements of continuous nature. The occurrence of a certain number of cells in the components of the venation seems to be related to the wing dimensions. The intervals of variation in the values of the quantitative body measurements show their inferior limits in the males and the superior limits in the females, although a great deal of overlapping is observed. The statistical parameters of these variables are also greater in the females. The degree of morphometric distinction between males and females was evaluated using multivariate methodologies. The Discriminant Function Analysis showed a distinction between males and females based on a single significant axis. The significant variables were the length and width of the hindwings. Only a single significant axis was obtained in the Principal Component Analysis. The most important variables to the formation of this axis were also the length and width of the hindwings. A systematic catalogue including a great number of bibliographic references on T. septima is included in the present study. The dubious synonymy of T. Septima (Selys, 1857) and T. obscuripennis (Blanchard, 1843) was analyzed. A careful study of the original description of T. obscuripennis revealed that it is distinct from T. septima. The former species is related to the "trifida group" of Williamson (1923), while the latter does not belong to this group.
Palavras-chave: variação morfométrica
Odonatos
Triacanthagyna septima
Aeshnidae
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Programa: Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 22-Jan-2001
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3535
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
493553.pdf6,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.