Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3598
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Ciberativismo: o slacktivismo como fenômeno de promoção do acesso à informação e da transparência
Autor(es)/Inventor(es): Inojosa, Beatriz
Orientador: Bentes, Ivana
Resumo: Análise do fenômeno denominado Ciberativismo, que se trata do ativismo realizado através da internet, tecnologia capaz de transcender limitações geográficas, sendo um meio eficiente de interação e fluidez de informação. É cada vez mais comum a exploração da rede por grupos para facilitar o engajamento cívico e a ação coletiva. Este espaço de expressão, onde manifestações estão à distância de um clique, é uma alternativa aos meios de comunicação de massa tradicionais. Permite que seus adeptos driblem o monopólio da opinião pública. Apesar dessa desmistificação da mídia e da quebra da hierarquia na comunicação, que se restringia a certos grupos sociais ou intelectualizados, há, ainda, muitos governos e corporações interessadas em cercear essa liberdade de trocas na internet.
Palavras-chave: Ciberativismo
Direito à informação
Comunicação digital
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 5-Jul-2012
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: INOJOSA, Beatriz. Ciberativismo: o slacktivismo como fenômeno de promoção do acesso à informação e da transparência. 2012. 92 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.
URI: http://hdl.handle.net/11422/3598
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BInojosa.pdf1,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.