Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/466
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Análise do Euro como reserva de valor: o olhar da Teoria Cartalista da moeda
Autor(es)/Inventor(es): Pinto, Davi dos Santos Cerqueira
Orientador: Oreiro, José Luis da Costa
Resumo: Este trabalho busca demonstrar, pela da Teoria Cartalista da Moeda, como a formação da União Monetária Europeia anterior à adoção de uma união política criou um problema estrutural no euro – a falta de confiança na moeda como reserva de valor. Através do ferramental teórico introduzido pela Teoria Cartalista, será possível realizar uma análise da função de reserva de valor do euro. Adicionalmente, uma comparação entre a condução da política monetária tanto do Federal Reserve quanto do Banco Central Europeu embasará a hipótese de que uma união monetária dissociada de uma união política impactará negativamente na confiança da moeda como reserva de valor; a separação entre autoridade fiscal (Estado) e autoridade monetária (Banco Central) cria incerteza quanto ao valor da moeda, ou seja, cria incerteza em relação à capacidade da moeda em manter o seu valor.
Palavras-chave: Teoria monetária
Euro
União Monetária Europeia
Banco Central
Cartalismo
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-2014
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/466
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia_Davi_Cerqueira_109024434.pdf980,7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.