Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/590
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Marketing esportivo: uma alternativa para os anunciantes
Autor(es)/Inventor(es): Motta, Francisco de Assis Ramos
Orientador: Cardoso, Monica Machado
Resumo: Com o advento do controle remoto e, mais tarde, com o surgimento de aparelhos como o TiVo, os telespectadores deixam cada vez mais de assistir aos intervalos comerciais dos programas televisivos. A audiência nesse momento cai e os anunciantes não conseguem com que sua propaganda atinja o número esperado de telespectadores. Algumas das diversas soluções para o caso são patrocinar o conteúdo do programa, patrocinar e promover eventos. Com foco em esportes, existe uma infinidade de conteúdos diferentes que podem ser alvos de patrocínio numa transmissão televisiva. Tratando-se de patrocínio a um time ou esporte, há o caso do Banco do Brasil com o Vôlei brasileiro, cuja parceria é produtiva para ambos. Diversas soluções com foco no esporte são dadas para o problema de visibilidade dos anunciantes.
Palavras-chave: Marketing esportivo
Audiência
Televisão
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RELACOES PUBLICAS E PROPAGANDA
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 24-Nov-2004
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: MOTTA, Francisco de Assis Ramos. Marketing esportivo: uma alternativa para os anunciantes. Orientadora: Mônica Machado. 2004. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Publicidade e Propaganda) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.
URI: http://hdl.handle.net/11422/590
Aparece nas coleções:Comunicação - Publicidade

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RMotta.pdf603,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.