Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/752
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: "Maldição do vencedor" (Winner's course)? Uma a análise das ofertas nos leilões da Agência Nacional do Petróleo, Gás natural e Biocombustíveis (ANP)
Autor(es)/Inventor(es): Monteiro, Alexandre Almeida
Orientador: Fiani, Ronaldo
Resumo: Leilões com grande número de participantes e com alto grau de incerteza sobre o valor do objeto leiloado tendem a apresentarem o fenômeno da maldição do vencedor, que ocorre quando o vencedor de um determinado leilão supervaloriza o preço do item leiloado e paga por este objeto um preço maior do que ele realmente vale, gerando prejuízo. Assim sendo, uma das propostas deste trabalho é verificar a presença da maldição do vencedor nas rodadas de licitação de arrendamento de licenças para exploração de petróleo e gás natural realizadas no Brasil desde 1999 até 2013. Também será investigada a presença de assimetria de informação entre os competidores deste leilão, uma vez que a Petrobras pode ser um participante com informação privilegiada por ter tido o monopólio dessa atividade no país por várias décadas. Para tal serão apresentadas as características da teoria dos leilões que possibilitarão tal estudo, bem como experimentos já realizados, a fim de viabilizarem uma melhor analise da base de dados dos leilões da ANP.
Palavras-chave: Leilões
Petróleo
Teoria dos leilões
Gás natural
Petrobras
Agência Nacional do Petróleo (Brasil) (ANP)
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2015
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/752
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AAMonteiro.pdf859,14 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.