Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/10094
Type: Dissertação
Title: Efeitos dos estímulos elétricos senoidais na resposta induzida cerebral: estudo da seletividade das fibras sensitivas
Author(s)/Inventor(s): Volpi, Luiza Passos
Advisor: Tierra-Criollo, Carlos Julio
Abstract: Diferentes frequências do estímulo elétrico senoidal (EES) seriam capazes de ativar preferencialmente as fibras Aβ (3 kHz) e C (5 Hz), principalmente em intensidades próximas ao limiar sensitivo (LS). Não são conhecidas as respostas corticais induzidas pelo EES e se esta resposta é capaz de diferenciar entre os sistemas tátil e termoalgésico. O presente trabalho investigou as respostas induzidas no EEG por meio do sincronismo e dessincronismo (ERD/ERS) durante EES. O LS, tempo de reação, resposta cognitiva e os perfis de ERD/ERS das bandas alfa, beta, gama e gama-alta foram avaliados para duas frequências de EES, 3 kHz e 5 Hz, nas intensidades 1,2xLS, 2xLS e 3xLS. Os resultados indicam uma habituação na região contralateral parietal para o estímulo de 3 kHz em relação ao de 5 Hz em 1,2xLS na banda alfa. Além disso, mostram menores latências para 3 kHz na região sensitivo-motora bilateral (banda beta), também em 1,2xLS. Ambos os resultados sugerem seletividade de ativação das fibras em intensidades próximas ao LS. Em 3xLS, isto não foi observado, o que sugere coativação das fibras. Um aumento de energia nas bandas mais altas para 3 kHz em 3xLS sugere uma maior intensidade percebida, também relatada na avaliação cognitiva. Estudos psicofísicos do LS e das sensações subjetivamente percebidas via EES possuem importância para a avaliação de pacientes de neuropatias periféricas (ex., hanseníase e neuropatia diabética). A resposta cerebral induzida pode possuir aplicabilidade como uma nova alternativa para a avaliação cognitiva ao EES (incluindo pacientes com lesões centrais, ex. AVC).
Abstract: Different frequencies of the sine-wave electric stimulation (EES) would activate the Aβ (2 and 3 kHz) and C (5 Hz) fibers specifically, especially at intensities close to the sensorial threshold (LS). The EES-induced cortical responses are unknown, in addition to whether they are capable of differentiating between the tactile and thermoalgesic systems. The present study investigated EEG’s induced responses through synchronism and desynchronism index (ERD/ERS) during ESS. The LS, reaction time, cognitive response and ERD/ERS profiles of the alpha, beta, gamma and high-gamma bands were evaluated 3 kHz and 5 Hz, at intensities 1,2xLS, 2xLS and 3xLS. Results indicate habituation in the contralateral parietal region for the 3 kHz stimulus, as opposed to 5 Hz’s, at 1.2xLS in the alpha band. Results show lower latencies at 3 kHz in the bilateral sensorimotor region (beta band), also in 1.2xLS. Both results suggest fiber activation selectivity at intensities close to LS. At 3xLS, this was not observed, suggesting fiber coactivation. An increase in energy observed in the higher bands for 3 kHz in 3xLS suggest a greater intensity perceived, also reported in the cognitive evaluation. Psychophysical studies of LS and sensations subjectively perceived during EES are important for the evaluation of patients with peripheral neuropathies (ex., leprosy and neuropathic diabetes). Induced brain responses may have applicability as a new alternative in cognitive evaluation to EES (including patients with central lesions, such as in stroke).
Keywords: Engenharia biomédica
Estimulação elétrica senoidal
Sincronização e dessincronização relacionada a evento
Somestesia
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Biomédica
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Oct-2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
877051.pdf2,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.