Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/10107
Type: Tese
Title: Efeitos da CPAP na duração do exercício e nas variáveis ventilatórias em indivíduos saudáveis
Author(s)/Inventor(s): Neumamm, Leonardo Bugarin de Andrade
Advisor: Neto, Antonio Giannella
Co-advisor: Tavares, Frederico Caetano Jandre de Assis
Abstract: A pressão positiva contínua nas vias aérea (CPAP) é uma ferramenta utilizada para reduzir o trabalho dos músculos respiratórios durante exercício físico de alta intensidade e, consequentemente, melhorar o desempenho. Entretanto, estudos associam o aumento de desempenho não apenas a intervenções, mas também a fatores de confusão, como a expectativa. O objetivo deste estudo foi avaliar se a presença de um aparelho comercial de pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP) durante exercício progressivo máximo, tanto sob expectativas induzidas por instruções tanto negativa (CPAPn=7) quanto positiva (CPAPp=7), afetaria o desempenho físico em homens saudáveis comparando com um grupo controle (n=9) e com uma visita prévia sem intervenção de CPAP e de instruções nos três grupos (visita 1 vs. visita 2). Nenhuma diferença significativa foi encontrada na duração do exercício (mediana (IIQ), visita 1 vs. visita 2: CPAPn – 538,3 (126,6) s vs. 508,5 (163,8) s; CPAPp – 470,3 (61,7) s vs. 506,0 (85,8) s), tomado como resultado principal, no consumo máximo de oxigênio e na percepção subjetiva de esforço entre os grupos comparando as visitas. Uma redução significativa no volume-minuto dos grupos com CPAP (mediana (IIQ), visita 1 vs. visita 2: CPAPn – 107,0 (21,5) L.min-1 vs. 86,6 (23,2) L.min-1 ; CPAPp – 112,3 (19,9) L.min-1 vs. 91,8 (18,1) L.min-1 ) foi observada. A CPAP fornecida por um equipamento comercial não levou a melhora do desempenho, contudo, reduziu a ventilação-minuto de indivíduos saudáveis em teste de esforço progressivo máximo.
Abstract: Continuous positive airway pressure (CPAP) is used as a tool to unload respiratory muscle during high-intensity exercise, and consequently, improve performance. However, studies link the improvement in performance not only to interventions but also to confounding factors such as expectation. The aim of this study was to evaluate if the presence of a commercial CPAP during a graded maximal test, under either negative (CPAPn, n=7) or positive (CPAPp, n=7) expectations induced by the instructions, would affect physical performance of healthy men comparing to a control group (n=9) and to a prior visit without CPAP interventions or instructions in the three groups (visit 1 vs. visit 2). No significant differences were found in exercise duration (median (IQR), visit 1 vs. visit 2: CPAPn - 538.3 (126.6) s vs. 508.5 (163.8) s; CPAPp - 470.3 (61.7) s vs. 506.0 (85.8) s), taken as the main outcome, in maximal oxygen uptake and in perceived exertion among groups comparing the visits. A significant reduction in minute ventilation for CPAP groups (median (IQR), visit 1 vs. visit 2: CPAPn - 107.0 (21.5) L.min-1 vs. 86.6 (23.2) L.min-1 ; CPAPp - 112.3 (19.9) L.min-1 vs. 91.8 (18.1) L.min-1 ) was seen. In conclusion, CPAP delivered by a commercial device did not improve the performance and reduced minute-ventilation of healthy subjects during a maximal graded test.
Keywords: Engenharia biomédica
CPAP
Exercício físico
Consumo de oxigênio
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Biomédica
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Jun-2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
876868.pdf1,64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.