Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1036
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorBastos, Carlos Pinkusfeld Monteiro-
dc.contributor.authorCastiglione, Pedro Paulo Chaves-
dc.date.accessioned2016-11-04T21:08:07Z-
dc.date.available2016-11-06T03:00:12Z-
dc.date.issued2015-08-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1036-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEuromercadopt_BR
dc.subjectConcentração bancáriapt_BR
dc.subjectFinanciamento externopt_BR
dc.subjectMercado financeiropt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.titleFinanciamento externo e concentração bancária: uma análise dos anos do “Milagre Econômico” (1968 – 1973)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4932427718070145pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Tavares, João Marcos Hausmann-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6049239621822925pt_BR
dc.contributor.referee1Summa, Ricardo-
dc.contributor.referee2Bielschowsky, Ricardo-
dc.description.resumoAnálise do duplo movimento experimentado pelo sistema financeiro nacional durante os anos do “milagre econômico” (entre 1968-73) de (i) inserção do Brasil no mercado de crédito externo, via mercado de eurodólares, e (ii) concentração do setor bancário privado. Para tanto, os instrumentos e medidas oficiais do governo referentes a estes dois assuntos, juntamente com fatores (internos e externos) de mercado, são apresentados e analisados. Não obstante, os números referentes a estes dois movimentos são explorados em complemento à análise e permitem a conclusão de que ambos caminharam de mãos dadas, demonstrando um processo de complementariedade de forças, bem como permitem a conclusão que ambos foram assistidos e dirigidos pela política econômica vigente à época. Assim, a análise proposta neste trabalho provém da hipótese que a maior inserção do Brasil no mercado de eurodólares está correlacionada com o movimento concomitante de concentração do setor bancário nacional, pois parece natural que os bancos que consigam acessar o mercado de captação externa sejam os maiores bancos do sistema financeiro brasileiro.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PPCCastiglione.pdf279,39 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.