Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1045
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlmeida, Edmar Luiz Fagundes de-
dc.contributor.authorGewerc, Alan-
dc.date.accessioned2016-11-07T01:27:47Z-
dc.date.available2016-11-08T03:00:09Z-
dc.date.issued2016-04-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1045-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEmpresas de petróleo e gáspt_BR
dc.subjectValuationen
dc.subjectMétodo dos Múltiplos de Mercadospt_BR
dc.subjectAvaliação de empresaspt_BR
dc.subjectSetor de óleo e gáspt_BR
dc.titleAvaliação de empresas de exploração de produção de óleo e gás: uma análise do comportamento das ações da empresa HRT Participaçõespt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4102448005988261pt_BR
dc.contributor.referee1Ferraro, Marcelo Colomer-
dc.contributor.referee2Lisbone, Diogo-
dc.description.resumoEsta monografia é centrada na problemática da avaliação econômico-financeira de empresas de Petróleo e Gás. O objetivo é analisar os principais métodos de valuation, e estudar sua aplicabilidade para o setor de óleo e gás. Observamos que a aplicação dos principais métodos de valuation sem adaptações que contemplem as especificidades do setor de E&P (“Exploração e Produção”) podem levar a erros significativos Após revisarmos os principais autores de valuation, nos centramos nos autores que se dedicaram especificamente na avaliação de empresas de E&P. Verifica-se que a literatura acadêmica sobre o assunto é pequena e por isso impõe-se a necessidade de que se inicie um debate sobre o tema, especialmente no Brasil, 13ª país mais rico do mundo em Petróleo, mas que possui uma indústria privada de petróleo pequena, e com poucos especialistas de valuation e finanças aplicada ao setor de óleo e gás. Fizemos um estudo de caso com a empresa de Exploração e Produção HRT Participações, empresa que lançou ações na bolsa de valores de São Paulo (Bovespa). As ações da companhia apresentaram comportamento extremamente atípico, de supervalorização das ações, seguido de crash, do qual a empresa ainda não se recuperou. São levantadas as principais razões para este comportamento das ações, e concluiu-se que dentre uma conjuntura de fatores, o principal foi a inexperiência do mercado brasileiro em avaliar empresas de E&P.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AGewerc.pdf764,98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.