Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/10948
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: A intervenção dos assistentes sociais na particularidade do campo: análise a partir da situação do município de Rio Bonito do Iguaçu (PR)
Author(s)/Inventor(s): Duarte, Sara
Advisor: Moreira, Elaine Martins
Abstract: Este trabalho analisa a intervenção dos assistentes sociais na particularidade do campo a partir da análise da situação do município de Rio Bonito do Iguaçu, Paraná. A escolha do tema de pesquisa deve-se ao fato de que o debate sobre a questão agrária relacionado com o Serviço Social não possuir grande acúmulo teórico no interior da profissão. Para compreender como essa ausência se reflete na prática profissional escolhemos um município que tem por singularidade a presença de maioria de sua população na área rural e dentre estas a constituição de três assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e um acampamento destinado aos filhos dos assentados. Desse modo, far-se-á a análise do processo de intervenção dos assistentes sociais nas diferentes políticas sociais observando a particularidade do campo, buscando: identificar nas políticas e programas sociais implementados no município como se expressam as demandas particulares dos sujeitos do campo, verificar a existência de ações exclusivas para os campesinos nas políticas sociais efetivadas no município e investigar como os assistentes sociais pensam a ação profissional em relação à realidade do campo e as demandas dos seus sujeitos. O trabalho constitui-se de três capítulos: no primeiro abordaremos a trajetória do Serviço Social no Brasil, desde o seu surgimento, institucionalização e contemporaneidade; no segundo apresentamos a questão agrária como particularidade da questão social, a formação social brasileira e seus rebatimentos na concentração de terras; no terceiro capítulo analisamos nosso objeto de estudo a partir da pesquisa documental e empírica realizada nas instituições do município e com os assistentes sociais. O trabalho possibilitou observar que a ausência do debate sobre a questão agrária relacionando-a com o Serviço Social reflete negativamente na prática profissional; a pesquisa empírica mostrou que os assistentes sociais possuem dificuldades em relacionar os elementos da questão agrária presentes em sua realidade bem como observar os seus impactos na atividade profissional e na vida social. Ao não reconhecer os elementos particulares dos sujeitos camponeses na condição de usuário das políticas sociais sua identidade como camponês é encoberta assim como a realidade na qual está inserido. O trabalho possibilitou identificar ainda desafios que remetem diretamente à profissão no que refere ao debate da questão agrária relacionada com a questão social para o exercício e a formação profissional.
Keywords: Política social
Questão agrária
Assistência social
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO::SERVICO SOCIAL DO TRABALHO
Department : Escola de Serviço Social
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2015
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: DUARTE, Sara. A intervenção dos assistentes sociais na particularidade do campo: análise a partir da situação do município de Rio Bonito do Iguaçu/PR. 2015. 104 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Serviço Social) - Escola de Serviço Social, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.
URI: http://hdl.handle.net/11422/10948
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SDuarte.pdf760,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.