Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1123
Type: Patente
Title: Processo de preparação de imunoensaios de captura de proteases antigênicas em secreções ou extratos de origem diversa, processo de imunoensaio de captura competitiva para dosagem de inibidores de protease em fluidos biológicos de origem diversa; processo de isolamento de antígenos de interesse em diagnóstico; processos de detecção e quantificação de proteases em extratos e/ou fluidos biológicos de origem microbial, vegetal ou animal; processo de detecção e quantificação de inibidores de proteases em células, extratos e/ou fluidos biológicos de origem microbial, vegetal ou animal; processo de preparação de reagente para diagnóstico e kits para diagnóstico
Depositor/Holder: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Author(s)/Inventor(s): Scharfstein, Júlio
Abstract: Trata-se de processo de preparação de imunoensaio em que proteases antigênicas são capturadas de extratos celulares ou fluidos biológicos de origem diversa, por inibidores de protease pré-absorvidos em suportes sólidos, sendo em seguida utilizadas como antígeno em reações imunológicas. O imunoensaio permite detectar e/ou quantificar anticorpos contra a protease captura. No formato de imunoensaio competitivo, o método permite detectar ou dosar inibidores de proteases em soluções biológicas. O processo pode ser desenvolvido em qualquer classe de protease, a eficácia e seletividade da captura por um dado inibidor sendo determinada pela constante de associação entre estes e a enzima escolhida. Inibidores naturais, recombinantes ou sintéticos podem ser utilizados como reagentes capturantes de fase sólida. Reciprocamente, a incorporação de proteases definidas em suportes sólidos permite detectar novos inibidores em extratos celulares ou fluidos biológicos complexos, desde que estes possuam determinantes antigênicos. Um novo teste diagnóstico para a Doença de Chagas, preparado com o antígeno GP57/51, a principal cisteíno-proteinase do protozoário Trypanosoma cruzi, foi concebido utilizando o referido processo. O antígeno GP57/51 foi seletivamente capturado de extratos de epimastigotes por inibidores específicos para proteases da superfamília da papaina, previamente absorvidos em placas de poliestireno. Como reagentes capturantes de fase sólida foram testados alternativamente os inibidores cistatina C recombinate, a cristatina C purificada de ovo de galinha, e o cininogênio humano. As placas contendo o antígeno capturado foram lavadas, bloqueadas, e os anticorpos presentes em soros de pacientes chagásicos ou anticorpos monoclonais anti-GP57/51 forma revelados por métodos imunoenzimáticos convencionais. Além da aplicação proposta para o diagnóstico da Doença de Chagas, a invenção pode ser utilizada para (1) monitorar os níveis plasmáticos de anticorpos reaginicos contra proteases alergênicas de origem parasitária, animal ou vegetal e (2) para detectar dosar proteases específicas em fluidos inflamatórios e extratos celulares, na medida em que antissoros monoespecíficos anti-protease forem disponíveis. No formato de imunoensaio competitivo, invento permite dosar os níveis de inibidores de protease cistatina C e/ou cininogênio, em fluidos biológicos. Além do interesse clínico laboratorial, o processo pode ter aplicação biotecnológica, uma vez que permite identificar novas proteases ou novos inibidores em microorganismos, extratos os secreções de origem vegetal ou animal.
Keywords: Proteases
Inibidores
Fluidos biológicos
Antígenos
Reagente
Diagnóstico
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOFISICA
Department : Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho
Submitted Date: 3-Oct-1991
Issue Date: 20-Apr-1993
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Patent number: PI 9104287-9 B1
URI: http://hdl.handle.net/11422/1123
Appears in Collections:Patentes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PI_9104287A.pdf458,21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.