Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1158
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBenson, S-
dc.contributor.authorSilva, Edmundo Albuquerque de Souza e-
dc.contributor.authorMuntz, Richard R-
dc.date.accessioned2016-12-15T16:44:09Z-
dc.date.available2016-12-17T03:00:09Z-
dc.date.issued1988-04-30-
dc.identifier.citationBENSON, S.; SILVA, E. A. de S. An object oriented methodology for the specification of Markov models. Rio de Janeiro: NCE, UFRJ, 1988. 31 p. (Relatório Técnico, 03/88)pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1158-
dc.description.abstractModelers wish to specify their models in a symbolic, high level languae while analytic tecqniques require a low level, numerical representation. The translation between these description levels is a major problem. We describe a simple, but surprisingly powerfulapproach to specifying system level models based on an object oriented paradigm. This basic approach will be shown to have significant advantages in that it provides the basis for a modular, extensible modeling tools. With this methodology, modeling tools can be quickly and easily tailored to particular application domains. An implementation in Prolog of a system based on this methodology is described and some example applications are given. The advantages of Prolog as an implementation language are also discusseden
dc.languageengpt_BR
dc.relation.ispartofRelatório Técnico NCEpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectProgramação orientada a objetospt_BR
dc.subjectPrologpt_BR
dc.subjectProcesso de Markovpt_BR
dc.titleAn object oriented methodology for the specification of Markov modelsen
dc.typeRelatóriopt_BR
dc.description.resumoÉ desejável a especificação de modelos de sistemas de computação em uma linguagem simbólica de alto nível. Entretanto, técnicas analíticas requerem uma representação numérica de baixo nível. A tradução entre estes níveis de descrição é um grave problema. Neste artigo, descrevemos um método simples, mas surpreendentemente poderoso para especificação de modelos a nível de sistema, baseado em um modelo orientado a objeto. Mostraremos que este método básico possui vantagens significativas pois fornece a base para o desenvolvimento de ferramentas modulares que podem ser estendidas. Com esta metodologia, ferramentas de modelagem podem ser facilmente e rapidamente talhadas para um determinado domínio de aplicação. Um a implementação em Prolog de um sistema baseado nesta metodologia é descrita e alguns exemplos são incluídos. As vantagens de se usar Prolog de um sistema baseado nesta metodologia é descrita e alguns exemplos são incluídos. As vantagens de se usar Prolog coo uma linguagem de implementação são também discutidas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto Tércio Pacitti de Aplicações e Pesquisas Computacionaispt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAOpt_BR
dc.citation.issue0388pt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Relatórios

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
03_88_000040341.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.