Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/11778
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMelo, Mônica Visconti de-
dc.contributor.authorPontes, Arley Barbosa de Araujo-
dc.date.accessioned2020-04-13T20:49:16Z-
dc.date.available2020-04-15T03:00:17Z-
dc.date.issued2019-07-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/11778-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEmpreendedorismopt_BR
dc.subjectCrise financeirapt_BR
dc.subjectNegóciopt_BR
dc.subjectCrise econômicapt_BR
dc.titleA percepção dos futuros contadores na abertura de novos negócios em momentos de crise econômica: um estudo de caso com alunos da UFRJpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5730227904760697pt_BR
dc.description.resumoTodo o empreendimento comercial no início de suas atividades necessita de uma série de procedimentos visando sua constituição e que precisam ser corretamente atendidos, pois sem eles, o futuro do negócio passará por sérias dificuldades e em momentos de crise econômica esses cuidados precisam ser redobrados, pois as chances de insucesso se tornam exponencialmente maiores. Neste trabalho, tem-se como objetivo analisar a percepção por parte dos estudantes de graduação em ciências contábeis matriculados na Universidade Federal do Rio de Janeiro quanto às dificuldades para se abrir um novo empreendimento em um contexto de crise econômica. Para este objetivo ser alcançado, foi preparado um questionário estruturado enviado aos alunos de ciências contábeis a respeito das variáveis que podem causar os maiores riscos para o gerenciamento de um negócio. No que diz a respeito, aos riscos para a abertura de um negócio num momento de crise econômica, a maioria dos estudantes acredita que não conseguir manter o empreendimento rentável financeiramente é o maior risco para a abertura do negócio. Já, caso se os futuros contadores resolvessem empreender, não há uma unanimidade em relação ao fator que lhe demandaria uma maior atenção, sendo que o maior grupo com 30,5% dos participantes respondeu que como atrair clientes demandaria maior preocupação.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração e Ciências Contábeispt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEISpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ABAPontes.pdf384,41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.