Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12949
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, Márcia Aparecida Ribeiro de-
dc.contributor.authorMarinho, Laiz Pangracio Amaro Paiva-
dc.date.accessioned2020-08-18T14:17:54Z-
dc.date.available2020-08-20T03:00:15Z-
dc.date.issued2019-12-17-
dc.identifier.citationMARINHO, Laiz Pangracio Amaro Paiva. A gestão dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos e as suas consequências para a saúde ambiental: uma análise da literatura. 2019. 41 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Saúde Coletiva) – Instituto de Estudos em Saúde Coletiva, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/12949-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectResíduos sólidospt_BR
dc.subjectResíduo eletrônicopt_BR
dc.subjectSaúde ambientalpt_BR
dc.subjectMeio ambientept_BR
dc.subjectImpactos na saúdept_BR
dc.subjectLegislaçãopt_BR
dc.titleA gestão dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos e as suas consequências para a saúde ambiental: uma análise da literaturapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0086960182705370pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1333605247123134pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Solon, Daniel-
dc.contributor.referee1Schütz, Gabriel Eduardo-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9323101531532617pt_BR
dc.contributor.referee2Fernandes, Thatiana Verônica Rodrigues de Barcellos-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3355972440281562pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho insere-se no campo da saúde ambiental, visto que se propõe a analisar, através de uma revisão da literatura, os impactos causados pelos Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos ao meio ambiente e à saúde humana. Identificar e descrever esses riscos é fundamental para que alternativas e soluções sejam pensadas e implementadas na tentativa de minimizar os atuais e os futuros sofrimentos e garantir a manutenção de um meio equilibrado às gerações futuras. Nesse sentido, o Brasil, assim como diversos outros países, já reconhece a periculosidade inerente às substâncias tóxicas presentes nesse tipo de resíduo que a cada dia se faz mais presente diante da lógica do consumismo. Assim, para conter o descarte e manuseio irregular instaurou-se, a partir da Lei nº 12.305 de 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos que traz como principais instrumentos o conceito de logística reversa e de responsabilidade compartilhada. No entanto, a efetivação das obrigações estabelecidas em tal lei ainda encontra grandes desafios e o objetivo de implementar uma economia circular capaz de prover um desenvolvimento sustentável parece ainda distante.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Estudos em Saúde Coletivapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LPAPMarinho.pdf244,58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.