Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/13106
Type: Livro
Title: Desenhando o Brasil colonial
Other contributions: Nogueira, Aurélio Antonio Mendes
Abstract: O grupo de pesquisadores do LaMIE, em 2018, intensificou as suas reuniões e chegou à conclusão que o projeto Cultura e Opulência: Releitura e Ilustração deveria ter continuidade, através de uma publicação on-line contendo as coletâneas da pesquisa de arquitetura, instalações dos engenhos, costumes, e indumentária feitas pelos membros do Grupo e a partir desta coletânea foram produzidas as ilustrações pelo estudante/ ilustrador Adherbal Artigiani Neto. Eles crêem que uma visita ilustrada ao livro de Antonil, “Cultura e Opulência do Brazil, por suas drogas e minas”, é de suma importância para evidenciar a historiografia dos ciclos econômicos do Brasil Colonial. A partir da decupagem do livro e experimentações de técnicas gráficas, optou-se pela técnica de desenhos ilustrativos com bico de pena para delinear com os traços fortes as formas e pelas aguadas de aquarela. Foi definido que as ilustrações seguiriam as referências dos títulos dos capítulos do livro original. A pesquisa iconográfica para os desenhos teve suporte teórico em outras referências históricas dos séculos XVII e XVIII. Por fim, destaca-se o trabalho do ilustrador Aderbhal Neto, um contador de histórias que usa a imagem no lugar da palavra, transmitindo com potência poética o virtuosismo da técnica do desenho artístico.
Abstract: In 2018, the LaMIE group of researchers intensified their meetings and came to the conclusion that the project Culture and Opulence: Rereading and Illustration should be continued by means of an online publication containing Group collections of the architectural research, mill installations, customs and costumes. Based on these assets, illustrations were produced by student/illustrator Adherbal Artigiani Neto. They believe an illustrated visit to Antonil’s book “Culture and Opulence, for its drugs and mines” is extremely important to underline the historiography of economic cycles in Colonial Brazil. After an appropriate decoupage of the book and experimentation with some graphic techniques, the illustrative quill pen was the technique of choice to provide a strong outline for the water color shapes. They also decided that the illustrations would follow the reference of original book chapter titles. The iconographic research for the drawings was based on theoretical grounds from other historical references of the 17th and 18th centuries. Lastly, the remarkable work by illustrator Aderbhal Neto, a storyteller who uses images instead of words, surfaces the virtuosity of an artistic drawing technique with poetic power.
Keywords: História do Brasil
Período colonial (1500-1822)
Arte
Desenho
Ilustração
Art
Drawing
Illustration
Subject CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Production unit: Escola de Belas Artes
Publisher: Laboratório de Meios Interativos Eletrônicos
Issue Date: Sep-2019
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
ISBN: 9786590148810
Citation: NOGUEIRA, Aurélio Antonio Mendes (org.). Desenhando o Brasil colonial. Rio de Janeiro: UFRJ, Escola de Belas Artes, Laboratório de Meios Interativos Eletrônicos, 2019. E-book.
Appears in Collections:Linguística, Letras e Artes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AAMNogueira.pdf8,89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.