Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/13520
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Mapeamento geológico-estrutural ao longo do lineamento Bom Sucesso na região de Ibituruna, MG
Author(s)/Inventor(s): Borges, Bianca Saraiva
Advisor: Bongiolo, Everton Marques
Abstract: A porção sul do cráton São Francisco (CSF) vem sendo intensamente estudada nos últimos anos, principalmente devido a incertezas relacionadas à sua evolução desde o Arqueano até o Paleoproterozoico. Trabalhos prévios demostram que nas bordas do proto-cráton se desenvolveu uma margem passiva (bacia Minas, transição Arqueano- Paleoproterozoico), que foi posteriormente acrescida ao proto-cráton durante os estágios finais de desenvolvimento de arcos intra-oceânicos do Cinturão Mineiro. O limite entre os domínios arqueanos (ao oeste) e paleoproterozoicos (ao leste) é reconhecido na literatura como Lineamento Ibituruna-Jeceaba-Bom Sucesso (LIJB) ou Serra de Bom Sucesso (trend NE-SW), no qual afloram rochas relacionadas à bacia Minas, intensamente estudada no Quadrilátero Ferrífero (QF) devido às jazidas de ferro. O presente trabalho consiste no mapeamento geológico- estrutural na escala 1: 12 500 em uma área de ca. 48 km² da serra de Bom Sucesso situada nos arredores da cidade de Ibituruna, sul de Minas Gerais. O estudo detalhado das unidades ao longo dessa serra, compreendendo descrições detalhadas das litologias e estruturas, tem por objetivo compreender seu papel na evolução tectono-metamórfica entre os terrenos arqueanos-paleoproterozoicos da porção sul do CSF, além da correlação dessas unidades com a estratigrafia do Supergrupo Minas bem caracterizado no QF. O mapeamento geológico possibilitou a subdivisão em três domínios (oeste da serra, serra e leste da serra) incluindo 9 unidades mapeáveis. A oeste da serra afloram unidade metavulcanossedimentar (predominância de rochas metaultramáficas) e metagranitoides (Aureliano Mourão e Bom Sucesso), todos cortados por diques de metadiabásio com orientação predominantemente NW-SE e E-W, e apresentando foliação preferencial NE-SW. A serra é caracterizada por uma sequência metassedimentar de quartzito, (granada)-muscovita-xisto e formação ferrífera bandada. E ao leste da serra afloram unidades metaultramáficas e metadiorito Rio Grande. A estrutura principal observada nas rochas que compõem a serra foi interpretada como uma dobra sinformal fechada de primeira ordem. Foi reconhecido que o contato entre a serra de Bom Sucesso e os terrenos adjacentes (oeste e leste) é limitado por uma falha, assim sendo um contato tectônico. No domínio oeste, nas zonas proximais à base da serra, foram observados eventos posteriores incluindo milonitização e silicificação. A partir de dados estruturais preliminares foi sugerido que os três domínios da área de mapeamento (oeste, serra e leste) foram influenciados por um mesmo evento tectônico, provavelmente relacionado à orogenia Riaciana-Orosiniana. Dessa forma, as fases deformacionais identificadas nas rochas de todo o conjunto (oeste, serra e leste) foram interpretadas como produto de duas etapas de deformação progressiva (D 1 e D 2 ). Além disso, é possível que todo esse conjunto tenha sofrido condições mínimas de pico metamórfico na fácies xisto verde alto (zona da granada).
Keywords: Mapeamento geológico-estrutural
Serra de Bom Sucesso
Evolução tectono-metamórfica
Cráton São Francisco
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Production unit: Instituto de Geociências
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Jul-2017
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BORGES, B.S.pdf4,28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.