Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/13713
Tipo: Dissertação
Título: Geração elétrica e mudanças climáticas: avaliação econômico-financeira de usinas hidrelétricas a fio d’água no Rio Tapajós
Autor(es)/Inventor(es): Carvalho, Daniel Magalhães de
Orientador: Lucena, André Frossard Pereira de
Resumo: Por conta das Mudanças Climáticas Globais é esperado que o setor elétrico sofra impactos devido a diversos fatores. Quando se trata da geração hidrelétrica, alterações no ciclo hidrológico podem ser especialmente preocupantes, tanto devido a eventos extremos quanto a alterações na vazão média dos cursos d’água. Nesse sentido, novos projetos de megahidrelétricas na bacia Amazônica, uma das fronteiras da expansão do setor elétrico no Brasil, podem ser impactados através de uma geração menor do que a projetada inicialmente. Ademais, esse tipo de empreendimento está sujeito a outras incertezas ligadas a questões financeiras, socioambientais e técnicas, como, por exemplo, o alto risco de sobrecusto na sua construção. Dessa forma, o presente estudo busca analisar a vulnerabilidade das usinas de São Luiz do Tapajós e Jatobá, planejadas para a bacia amazônica, frente a possíveis efeitos de alterações climáticas. Para isso, são elaborados cenários de redução de vazão e, a partir destes, cenários de geração elétrica. Em seguida, são analisados o comportamento de três indicadores financeiros nestes cenários, realizando análises de sensibilidade para o custo de construção do projeto, preço de venda da energia e taxa de juros de financiamento. De acordo com os resultados obtidos, São Luiz do Tapajós apresenta uma menor vulnerabilidade. Contudo, esta usina pode estar sujeita a maior incerteza devido aos conflitos já observados e ao seu maior porte. Enquanto isso, Jatobá se mostra vulnerável mesmo em cenários mais otimistas.
Resumo : Due to Global Climate Change, it is expected that the electricity sector will suffer impacts because of several factors. When it comes to hydroelectric generation, changes in the hydrological cycle can be especially worrisome, both due to extreme events and changes in the average flow of watercourses. In this sense, new megahydropower projects in the Amazon basin, one of the expansion frontiers of the electric sector in Brazil, may be impacted through a smaller generation than the one initially projected. Additionally, this type of enterprise is subject to other uncertainties related to financial, socio-environmental and technical issues, such as the high risk of construction cost overrun. Thus, the present study seeks to analyze the vulnerability of the São Luiz do Tapajós and Jatobá hydroelectric plants, planned for the Amazon basin, in the face of possible effects of climate change. For this, scenarios of flow reduction are elaborated and, from these, scenarios of power generation. Then, results for three financial indicators in these scenarios are analyzed, carrying out sensitivity analyzes for the cost of construction of the project, energy sale price, and financing interest rate. According to the results, São Luiz do Tapajós presents a lower vulnerability. However, this power plant face greater uncertainty due to the conflicts already observed and its bigger scale. Meanwhile, Jatobá is vulnerable even in more optimistic scenarios.
Palavras-chave: Mudanças climáticas
Geração hidrelétrica
Análise financeira
Amazônia
Assunto CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS
Programa: Programa de Pós-Graduação em Planejamento Energético
Unidade produtora: Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Editora: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2019
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Planejamento Energético

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DanielMagalhaesDeCarvalho.pdf4.21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.