Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14155
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: A autopoética adeliana: atravessamentos do si-mesmo, do outro e da própria poesia
Author(s)/Inventor(s): Rocha, Gisele Matos de Sousa
Advisor: Pietrani, Anélia Montechiari
Abstract: Este trabalho tematiza a questão do ser na poesia adeliana, a partir das reflexões sobre a tensão entre autobiografia e ficção/poesia. Tal tensão é problematizada, principalmente no que tange ao contar de uma vida através da poesia, que é uma outra “coisa”, que não autobiografia. É importante tematizar e problematizar a questão do ser, na medida em que as perguntas “Quem eu sou? e Quem somos?” são fundamentais para o conhecimento do sujeito, não só enquanto indivíduo, mas também enquanto ser coletivo. Analisaram-se os poemas “Grande desejo”, “Nossa Senhora da Conceição”, “Senha” e “A face de Deus é vespas”, de Adélia Prado, como uma travessia que leva à autognose da sujeito-poética, do Outro e da própria poesia da poeta-mulher. Pretendeu-se encontrar, na autopoética adeliana, um “eu” que é perpassado por inúmeros atravessamentos e, com isso, reconhece sua própria existência e as existências dos Outros no mundo, existências que, por si só, são sagradas – para a autora.
Keywords: Prado, Adélia 1936-
Literatura brasileira
Poesia brasileira
Poesia marginal
Subject CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Production unit: Faculdade de Letras
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2021
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Letras - Literaturas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GMSRocha.pdf241,26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.