Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14375
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorArosa, Armando de Castro Cerqueira-
dc.contributor.authorRocha, Ana Carolina Santana Guedes-
dc.date.accessioned2021-05-24T23:18:55Z-
dc.date.available2021-05-26T03:00:10Z-
dc.date.issued2020-12-08-
dc.identifier.citationROCHA, Ana Carolina Santana Guedes. "Apartheid educacional" no Brasil cimenta desigualdades sociais e educacionais ao longo da vida. 2020. 81 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/14375-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectEnsino públicopt_BR
dc.subjectPolítica educacionalpt_BR
dc.title"Apartheid educacional" no Brasil cimenta desigualdades sociais e educacionais ao longo da vidapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.referee1Fernandes, Ana Lúcia Cunha-
dc.contributor.referee2Giambiagi, Irene-
dc.description.resumoA presente pesquisa explora o processo de escolarização de uma família. O objetivo principal é levantar o percurso escolar dos membros desta família e identificar elementos que mostrem como se dá a relação entre o sistema educacional e a vida da classe trabalhadora objeto desse estudo de caso. Ao buscar esse objetivo, a questão central que guiou a pesquisa diz respeito ao processo contraditório de inclusão/exclusão no sistema educacional, através das políticas educacionais implementadas no tempo em que a vida dos membros dessa família estavam em `idade escolar´. Nesse intuito, buscou-se traçar uma relação entre as histórias de vida dos sujeitos pesquisados com as políticas públicas educacionais da época, intentando aferir de que forma essas políticas impactaram na trajetória escolar destes sujeitos. Esse processo se deu mediante entrevistas semiestruturadas e do cotejamento com pesquisa histórico-documental, que tratou das políticas educacionais implementadas. Buscou-se embasamento teórico em autores como José Carlos Libâneo (2012), Paolo Nosella (2009), Vera Peroni (2000), Eveline Algebaile (2004), François Dubet (2004), dentre outros que tratam das relações entre educação e desigualdade social. À guisa de conclusão, como principais achados da pesquisa podemos apontar a principal delas, que nos revela que a desigualdade educacional está associada às desigualdades de ordem econômica, social, cultural e política, mas que se manifestam de maneiras distintas em cada esfera social, tal como se procurou demonstrar neste estudo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::SOCIOLOGIA DA EDUCACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARocha.pdf594.77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.