Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14507
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRamos, Marília Cossich-
dc.date.accessioned2021-07-13T17:55:56Z-
dc.date.available2021-07-15T03:00:16Z-
dc.date.issued2021-04-
dc.identifier.citationRAMOS, Marília Cossich. Insalubre pela própria natureza: a biblioteca e os riscos à saúde do profissional da informação. Informação e Profissões, Londrina, v. 10, n.1, p. 83-98, jan./abr. 2021.pt_BR
dc.identifier.issn2317-4390pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/14507-
dc.description.abstractIt aims to reflect on the librarian's work environment and professional practice with a view to the emergence of occupational diseases arising from the exercise of the profession. Methodology: It is a descriptive research with a qualitative approach. For data collection, a bibliographical survey was carried out on articles in periodicals and books. Conclusions: It establishes relations between the lack of institutional policies regarding job security for librarians and the emergence of occupational diseases. As a result, it was possible to perceive the importance of adapting the work environment and professional practices in order to eliminate and / or decrease the incidence of occupational diseases.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Estadual de Londrinapt_BR
dc.relation.ispartofInformação e Profissõespt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSegurança do trabalhopt_BR
dc.subjectBibliotecaspt_BR
dc.subjectDoenças profissionaispt_BR
dc.subjectBibliotecáriospt_BR
dc.titleInsalubre pela própria natureza: a biblioteca e os riscos à saúde do profissional da informaçãopt_BR
dc.title.alternativeUnhealthy by own nature: the library and the health risks of the information professionalen
dc.typeArtigopt_BR
dc.identifier.doi10.5433/2317-4390.2021v10n1p83pt_BR
dc.description.resumoTem por objetivo refletir sobre o ambiente de trabalho e a prática profissional do bibliotecário tendo em vista o surgimento de doenças ocupacionais decorrentes do exercício da profissão. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa. Para a coleta dos dados foi realizado um levantamento bibliográfico em artigos de periódicos e livros. Conclusões: Estabelece relações entre a falta de políticas institucionais quanto a segurança do trabalho para os bibliotecários e o surgimento de doenças ocupacionais. Como resultado pôde-se perceber a importância da adequação do ambiente de trabalho e das práticas profissionais a fim de se eliminar e/ou diminuir a incidência de doenças ocupacionais.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentSistema de Bibliotecas e Informaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUELpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIApt_BR
dc.citation.volume10pt_BR
dc.citation.issue1pt_BR
dc.citation.spage83pt_BR
dc.citation.epage98pt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Sociais Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
42689-221400-1-PB(1).pdf177.84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.