Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/15081
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMathias, João Felippe Cury Marinho-
dc.contributor.authorMaia, Pedro Henrique Loureiro-
dc.date.accessioned2021-09-06T23:26:05Z-
dc.date.available2021-09-08T03:00:14Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.citationMAIA, Pedro Henrique Loureiro. Estado de bem-estar social e combate à pobreza: uma análise de programas de transferência de renda no Brasil. 2020. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Instituto de Economia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/15081-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectProteção socialpt_BR
dc.subjectBem-estar socialpt_BR
dc.subjectPobrezapt_BR
dc.subjectTransferência de rendapt_BR
dc.titleEstado de bem-estar social e combate à pobreza: uma análise de programas de transferência de renda no Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5695324429380473pt_BR
dc.description.resumoEste trabalho realiza uma análise dos impactos socioeconômicos de diferentes programas de transferência de renda sobre a incidência de pobreza e extrema pobreza, sob o contexto do sistema de proteção social brasileiro. Para isso, é realizado um estudo do processo histórico de formação dos Estados de Bem-estar Social modernos, seus principais instrumentos, modos de provisão e arranjos institucionais. São também observadas as peculiaridades da evolução do sistema de proteção social no Brasil e a mudança de paradigma das políticas sociais do país em direção à universalização do sistema de bem-estar, baseado na inclusão com base nos direitos de cidadania, consolidados de maneira institucionalizada a partir da Constituição de 1988. Posteriormente, são examinados os principais mecanismos de transferência de renda propostos e implementados no país ao longo das últimas décadas e seus efeitos estimados sobre as taxas de pobreza e extrema pobreza da população brasileira, a partir dos microdados disponíveis na PNAD Covid-19.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PHLMaia.pdf318.94 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.