Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/15464
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBrasil, Simone Louise Delarue Cezar-
dc.contributor.authorMarques, Eric Gripa-
dc.date.accessioned2021-10-28T21:15:19Z-
dc.date.available2021-10-30T03:00:17Z-
dc.date.issued2021-10-01-
dc.identifier.citationMARQUES, Eric Gripa. Levantamento do estado da arte do uso de inibidores verdes à base de plantas para proteção contra a corrosão. 2021. 127 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/15464-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCorrosãopt_BR
dc.subjectInibidorespt_BR
dc.subjectTecnologiapt_BR
dc.subjectTecnologia Verdept_BR
dc.titleLevantamento do estado da arte do uso de inibidores verdes à base de plantas para proteção contra a corrosãopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7203683982512873pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7428619532554588pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Leoni, Gabriel Batalha-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9080575507184236pt_BR
dc.contributor.referee1Guimarães, Maria José de Oliveira Cavalcanti-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5064298646092562pt_BR
dc.contributor.referee2Melo, Rodrigo de Siqueira-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3387456281635948pt_BR
dc.description.resumoA corrosão, definida como a deterioração de um material, geralmente metálico, representa um desafio para a economia global, podendo gerar impactos industriais e ambientais. Com objetivo de contornar esse problema, são estudados diversos métodos de combate à corrosão. Dentre os métodos existentes, destaca-se o uso de inibidores de corrosão, por sua eficiência, baixo custo e fácil aplicação in situ. Mais especificamente, produtos de origem natural, em especial extratos de plantas, são de fácil acesso e economicamente viáveis, o que fez com que pesquisadores avaliassem extensivamente a utilização de extratos de um vasto catálogo de plantas como inibidores de corrosão. Este estudo avaliou o estado da arte das pesquisas envolvendo inibidores verdes de corrosão à base de insumos vegetais. A literatura referente à última década foi levantada com o auxílio da ferramenta de pesquisa avançada do Web of Science, com foco em meios corrosivos ácidos (HCl, H2SO4 e HNO3) e meio salino (NaCl). A análise de mais de 500 publicações levantadas permitiu a construção de um repositório de dados, contendo informaçõeschave (como plantas utilizadas como insumo, metal avaliado, eficiência de inibição etc.), que viabilizou o cruzamento dessas informações para avaliação crítica sobre o cenário dessa tecnologia. A partir da análise crítica da base de dados foi possível concluir que é crescente a busca de inibidores verdes de corrosão de base vegetal e, nesse contexto, é de suma importância a investigação do uso de resíduos vegetais como insumo para essa tecnologia, além de buscar a combinação de insumo vegetal e solvente de extração que maximize a eficiência de inibição de corrosão do extrato. Por fim, foram apontadas tendências para pesquisas futuras, como estudo dos principais resíduos do cenário agrícola-industrial brasileiro como inibidor de corrosão e elevação do potencial de inibição de corrosão dos insumos vegetais via otimização do processo de extração.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA::TECNOLOGIA QUIMICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EGMarques.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.