Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/15596
Type: Resumo publicado em evento
Title: Proposta de musealização do geossítio Pontal da Santa Cruz como ferramenta de apreensão do patrimônio geológico
Author(s)/Inventor(s): Figueiredo, Ranielle Menezes de
Machado, Deusana Maria da Costa
Siciliano, Mell Longuinho André
Rodriguez, Mônica Rebelo
Vieira, Flávia C. Costa
Abstract: O Brasil apresenta um rico patrimônio geológico, constituído por uma diversidade de geossítios, que representam uma geodiversidade singular de grande valor simbólico e científico. A promoção e conservação do patrimônio geológico entram no século XXI como um dos maiores desafios. As primeiras iniciativas de preservação deste patrimônio, centraram sua atenção na necessidade de inventariar os sítios geológicos existentes em cada país, buscando promover o reconhecimento e salvaguarda. Dentre as iniciativas de conservação deste patrimônio as iniciativas de musealização do território podem favorecer a construção de uma visão mais integrada e abrangente das questões socioambientais ao propiciar: a inter-relação entre ambiente, geologia e sociedade; a inter-relação de campos de conhecimentos específicos entre geologia, museologia e educação. Sendo assim, este trabalho visa discutir uma proposta de musealização do Geossítio Pontal de Santa Cruz, no Geopark Araripe (CE), pois o mesmo apresenta em sua área uma diversidade de elementos, tais como geológico, geomorfológico, paleontológico, histórico, paisagístico, turístico e cultural. Esses elementos estão interligados com a geodiversidade local, caracterizada pela “variedade de natureza abiótica, incluindo os elementos litológicos, tectônicos, geomorfológicos, edáficos, hidrogeológicos, topográficos e os processos físicos sobre a superfície terrestre, dos mares e oceanos, junto a sistemas gerados por processos naturais endógenos, exógenos e antrópicos, que abrangem a diversidade de partículas, elementos e lugares” (SERRANO E RUIZ-FLANO, 2007, p144). O Geossítio em estudo faz parte de um conjunto de geossítios que compõe o Geopark do Araripe, referendando uma valorização patrimonial inestimável, como mostrado por Brilha (2005) através de patrimonializar a geodiversidade inventariada e relevante de uma dada região. Por isso, o Geossítio Pontal de Santa Cruz, localizado a 4 Km da Cidade de Santana do Cariri, no sul do estado do Ceará (GEOPARK ARARIPE, S/D), serviu de objeto de estudo através de uma proposta de musealização. Área é formada pelo arenito da Formação Exu que constitui a porção superior da escarpa da Chapada do Araripe, com uma diversidade paleontológica baixa, mas favorecendo o acúmulo de água e a construção de uma paisagem cênica de interesse turístico e socioeconômico. Além do aspecto geopaleontológico, pode-se acrescentar a sua importância histórica e religiosa através da existência da capela e da Cruz, datadas de meados do século XX, e ligadas a lenda da “assombração”, uma das muitas lendas existentes na região. Apesar da observação de estratégias de geoconservação no geossítio como classificação, conservação (manejo), comunicação e gestão, observou-se a ausência da etapa de comunicação da musealização mais efetiva, atrelada às outras etapas desse processo (Inventariado, documentação, conservação e pesquisa). Para isso, no geossítio em estudo, propõe-se explicações geológicas (nas suas mais diversificadas vertentes), históricas e culturais, visando uma maior aproximação da população local e público visitante através de suas mais significativas afetividades. Sendo assim, considera-se a importância de uma musealização mais efetiva do geossítio para o desenvolvimento do turismo e apreensão desse patrimônio pela população, buscando relacionar o processo de musealização como meio de comunicação fundamentalmente importante no processo de inter-relação da geodiversidade, patrimônio e meio ambiente com a sociedade.
Abstract: Brazil has a rich geological heritage, consisting of a diversity of geosites, which represent a unique geodiversity of great symbolic and scientific value. The promotion and conservation of geological heritage is, at the 21st century, one of the greatest challenges. The first initiatives to preserve this heritage had centered their attention on the need of inventorying the geological sites existing in each country, seeking to promote recognition, and safeguarding. Among the initiatives for the conservation of this heritage, initiatives for the musealization of the territory can favor the construction of a more integrated and comprehensive view of socio-environmental issues by providing: the interrelationship between environment, geology, and society; the interrelationship of specific fields of knowledge between geology, museology, and education. Therefore, this work aims to discuss a proposal for the musealization of the Pontal de Santa Cruz Geosite, in the Araripe Geopark (CE), as it presents in its area a diversity of elements, such as geological, geomorphological, paleontological, historical, scenic, touristic, and cultural. These elements are interconnected with local geodiversity, characterized by the "variety of abiotic nature, including lithological, tectonic, geomorphological, edaphic, hydrogeological, topographical elements and physical processes on the land surface, seas and oceans, together with systems generated by endogenous, exogenous and anthropic natural processes, which encompass the diversity of particles, elements and places” (SERRANO E RUIZ-FLANO, 2007, p144). The Geosite under study is part of a set of geosites that make up the Araripe Geopark, endorsing an invaluable heritage value, as shown by Brilha (2005) through the patrimonialization of the inventoried and relevant geodiversity of a given region. Therefore, the Pontal de Santa Cruz Geosite, located 4 km from the city of Santana do Cariri, in the south of the state of Ceará (GEOPARK ARARIPE, S/D), served as an object of study through a proposal for musealization. The area is formed by the sandstone of the Exu Formation that constitutes the upper portion of the Chapada do Araripe escarpment, with a low paleontological diversity, but favoring the accumulation of water and the construction of a scenic landscape of touristic and socioeconomic interest. In addition to the geopaleontological aspect, its historical and religious importance can be added through the existence of the chapel and the Cross, dating from the mid-twentieth century, and linked to the legend of the “haunting”, one of the many existing legends in the region. Despite the observation of geoconservation strategies in the geosite, such as classification, conservation (management), communication and management, the absence of the most effective communication stage of museumization was observed, linked to the other stages of this process (inventory, documentation, conservation, and research). Thus, geological explanations (in its most diversified aspects), historical and cultural are proposed in the geosite under study, aiming at a closer relationship with the local population and the visiting public through their most significant affectivities. Therefore, the importance of a more effective musealization of the geosite for the development of tourism and the apprehension of this heritage by the population is considered, seeking to relate the musealization process as a fundamentally important means of communication in the process of interrelationship of geodiversity, heritage, and environment with society.
Keywords: Geoconservação
Museologia
Geoturismo
Patrimônio
Geoconservation
Museology
Geoturism
Heritage
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::MUSEOLOGIA
Production unit: Sistema de Bibliotecas e Informação
In: Simpósio Brasileiro de Patrimônio Geológico
Issue: 5
Issue Date: 2019
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: FIGUEIREDO, Ranielle Menezes de et al. Proposta de musealização do geossítio Pontal da Santa Cruz como ferramenta de apreensão do patrimônio geológico. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PATRIMÔNIO GEOLÓGICO, 5., 2019, Crato, CE. Resumos. Crato: Universidade Regional do Cariri, 2019.
Appears in Collections:Ciências Sociais Aplicadas



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.