Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/15683
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGomes, Regina Souza-
dc.contributor.authorAlves, Sarah de Araujo-
dc.date.accessioned2021-11-26T18:26:22Z-
dc.date.available2021-11-28T03:00:17Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/15683-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSemióticapt_BR
dc.subjectFake newspt_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.titleAs paixões nas fakes newspt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1262587694797645pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5297981157814032pt_BR
dc.contributor.referee1Antunes, Tiana Andreza Melo-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3420332624925911pt_BR
dc.description.resumoGreimas (2014) afirma que o discurso é um lugar frágil, em que se inscrevem e em que se leem a verdade e a falsidade, a mentira e o segredo. Diante disso, este estudo tem como objetivo analisar, qualitativamente, a partir da perspectiva teórico-metodológica da semiótica de linha francesa, o perfil do enunciatário segundo as paixões que são mobilizadas em discursos de fake news. Para isso, foram coletadas dez notícias, de forma aleatória, da agência de verificação Boatos.org entre o período de julho a setembro de 2021. Considerando o grande poder de propagação das fake news e seu impacto na sociedade, a relevância desse estudo se dá pela contribuição da semiótica na compreensão de mecanismos que atuam na produção e recepção desses textos. Segundo Greimas (2014), há uma relação fundamental entre enunciador e enunciatário na construção dos discursos e um contrato de veridicção entre esses actantes. Logo, quando o destinador apresenta um valor, o destinatário examina se é um valor aceitável, sendo este seu primeiro julgamento. Caso esse não seja reconhecido pelo enunciatário como compatível ao seu universo cognitivo, ele não aceita essa manipulação. A sanção veridictória de um discurso (ser ou não ser) pode se estabelecer no âmbito sensível e no âmbito inteligível (GOMES, 2019). Para fazer a análise, nossa atenção se volta aos recursos sensíveis e efeitos passionais. Segundo Barros (2005, p. 52), “o exame das paixões, sob a forma de percursos modais, explica a organização semântica da narrativa, ou seja, os ‘estados de alma’ dos sujeitos, modificados no desenrolar da história”. Há quatro tipos de modalização (querer, dever, poder e saber), sobredeterminadas pelo crer, e suas variadas combinações desencadeiam diferentes ações no texto, sendo responsáveis também por dar origem às paixões. Logo, além dos arranjos modais, a tonicidade, a temporalidade e a aspectualidade são componentes fundamentais para a compreensão das paixões. Os resultados da análise mostraram que, no período selecionado para constituir o corpus, as fake news instauram enunciatários mobilizados principalmente pelas paixões da indignação, repulsa, raiva, covardia, desconfiança e descrença. Ademais, mostrou-se que as paixões malevolentes são predominantes no corpus e que as fake news analisadas apresentam um enunciatário suscetível a paixões tônicas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Letraspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::TEORIA E ANALISE LINGUISTICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Letras - Inglês

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SAAlves.pdf2.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.