Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1718
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, René Louis de-
dc.contributor.authorToledo, Pedro Henrique Vieira Martins-
dc.date.accessioned2017-04-04T19:43:33Z-
dc.date.available2017-04-06T03:00:11Z-
dc.date.issued2013-12-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1718-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSuperintendência do Desenvolvimento do Nordestept_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectIndustrializaçãopt_BR
dc.titleO GTDN e a SUDENE de Furtado no desenvolvimento econômico do Nordeste: concepção e realidadept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8330570199989805pt_BR
dc.contributor.referee1Novaes, José Roberto-
dc.contributor.referee2Homsy, Nelson Chalfun-
dc.description.resumoAnalisa os fatores que levaram à criação do Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento do Nordeste (GTDN) e da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) durante a década de 1950 e compara os objetivos presentes no Relatório do GTDN para a transformação da economia nordestina, elaborados e defendidos por Celso Furtado, com as ações efetivas tomadas pelo Governo Federal tanto no setor industrial, quanto no agrícola durante as décadas de 1960 a 1980. Para isso, é feito um estudo sobre o mecanismo de crédito fiscal do Artigo 34/18 da SUDENE para estimular o investimento industrial no Nordeste, bem como os resultados alcançados por ele. Ademais, também são estudados os programas de desenvolvimento rural criados a partir da década de 1970 e os desfechos dos mesmos a fim de compará-los com as ações que foram sugeridas no Plano de Ação do GTDN. A conclusão final é que o Golpe Militar de 1964 limitou o poder de ação da SUDENE e tanto o Artigo 34/18, como os programas de desenvolvimento rural representaram um modelo de modernização conservadora, afastando-se do projeto original reformista proposto por Furtado e pelo GTDN e apresentando resultados aquém do esperado para a superação das dificuldades estruturais enfrentadas pela economia nordestina e de sua vulnerabilidade em relação às secas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PHVMToledo.pdf529,83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.