Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1737
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLissovsky, Mauricio-
dc.contributor.authorMiranda, Thais de Castro-
dc.date.accessioned2017-04-10T18:46:25Z-
dc.date.available2017-04-12T03:00:09Z-
dc.date.issued2007-12-05-
dc.identifier.citationMIRANDA, Thais Castro. Comunicação e Inclusão: uma proposta para a ONG Urece Esporte e Cultura para Cegos. 2007. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1737-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectInclusão socialpt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectEsportept_BR
dc.subjectCulturapt_BR
dc.titleComunicação e inclusão: uma proposta para a ONG Urece Esporte e Cultura para cegospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8617902192670705pt_BR
dc.contributor.referee1Braga, William Dias-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9766999581053753pt_BR
dc.contributor.referee2Strozenberg, Ilana-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0352176322106482pt_BR
dc.description.resumoA pesquisa Retratos da Deficiência no Brasil, realizada pela Fundação Getúlio Vargas, revela um alarmante panorama de exclusão das pessoas portadoras de deficiência no país. Neste contexto, surgem iniciativas de organizações sem fins lucrativos que buscam preencher as lacunas deixadas pelas diversas esferas governamentais. Este trabalho se propõe a estudar o caso da Urece Esporte e Cultura para Cegos, uma ONG criada por atletas com deficiência visual. Aqui, as atividades esportivas e artísticas desenvolvidas pela associação serão tratadas como poderosas ferramentas de inclusão social e busca pela cidadania, mas, sobretudo, como um meio de o deficiente ser reconhecido e valorizado pelo seu trabalho. O objetivo deste estudo é refletir sobre a importância da comunicação na construção de uma sociedade inclusiva, sugerindo estratégias a serem empregada no diálogo da ONG com a sociedade civil, com a mídia e com empresas patrocinadoras. Para tal, o trabalho monográfico vem acompanhado do vídeo institucional “Porque não enxergamos obstáculos”. A peça foi desenvolvida com a finalidade de realizar na prática uma proposta de comunicação que demonstre a importância de fazer circular informações responsáveis para romper com os paradigmas excludentes que envolvem a pessoa com deficiência. Dessa forma, a comunicação é entendida como um instrumento de luta contra o preconceito, a estigmatização, a desinformação, o assistencialismo e a discriminação que ainda permeiam as relações entre o deficiente e a sociedade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TMiranda.pdf417,26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.