Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1835
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHomsy, Nelson Chalfun-
dc.contributor.authorNeves, Rodrigo Abbês Baêta-
dc.date.accessioned2017-04-26T17:59:37Z-
dc.date.available2017-04-28T03:00:09Z-
dc.date.issued2012-04-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1835-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMercado imobiliáriopt_BR
dc.subjectGestão do espaço urbanopt_BR
dc.subjectOperação Urbana Consorciada Faria Limapt_BR
dc.subjectCertificados de Potencial Adicional de Construçãopt_BR
dc.titleOs agentes do espaço urbano e os instrumentos de urbanização: estudo de caso da operação urbana Faria Lima no município de São Paulopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5415092781826385pt_BR
dc.contributor.referee1Carvalho, René Louis de-
dc.contributor.referee2Fonseca, Manuel Alcino da-
dc.description.resumoAnalisa a atuação do Poder Público em parceria com o setor privado na gestão do espaço urbano, utilizando como exemplo a Operação Urbana Consorciada Faria Lima em São Paulo. Estuda-se a dinâmica do espaço urbano e os diferentes agentes que nele atuam de maneira a identificar a complexidade envolvida em suas relações. Através disso, evidencia-se necessidade de associação entre os diversos envolvidos no mercado imobiliário, como a sociedade, os empreendedores capitalistas e o Estado na construção do espaço urbano e na elaboração de um planejamento urbano para as cidades. A Operação Urbana Consorciada Faria Lima consiste na concessão, por parte do Estado, de direitos adicionais de construção além do limite pré-estabelecido pela Lei de Zoneamento da cidade de São Paulo para o setor privado, através dos instrumentos de outorga onerosa e Certificados de Potencial Adicional de Construção. Desta maneira o Poder Público é capaz de financiar os investimentos em infra-estrutura urbana, pois as outorgas e certificados geralmente tem contrapartida em dinheiro, e de gerir os usos, ocupações e densidades de determinadas regiões de São Paulo, através de planejamento urbano pré-estabelecido.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RABNeves.pdf880,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.