Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/200
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, Frederico Antonio Azevedo de-
dc.contributor.authorAraújo, Gabriel Cunha Leal de-
dc.date.accessioned2016-04-29T17:28:27Z-
dc.date.available2016-05-02T03:00:06Z-
dc.date.issued2013-03-07-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/200-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAvaliação de desempenhopt_BR
dc.subjectEstatística descritivapt_BR
dc.subjectCorrelação canônicapt_BR
dc.subjectUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.subjectBibliotecas universitáriaspt_BR
dc.subjectServiços em bibliotecaspt_BR
dc.titleA circulação nas bibliotecas de uma IFES – uma visão desagregada para o período 2000-2007pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6766632095703989pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Russo, Mariza-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6474161645397085pt_BR
dc.contributor.referee1Santos, Maria José Veloso da Costa-
dc.contributor.referee2Sá, Nysia Oliveira de-
dc.description.resumoA pesquisa relatada neste trabalho nasceu de uma pergunta levantada em trabalho apresentado na Jornada de Iniciação Cientifica (JIC) de 2011 na UFRJ. Após verificar uma descontinuidade na evolução temporal na quantidade de insumos em relação à quantidade de produtos nas bibliotecas da UFRJ, ou seja, um aumento de insumos coexistindo com uma diminuição dos produtos obtidos, este estudo investiga se essa descontinuidade poderia resultar de uma mudança na utilização do espaço sociotécnico das bibliotecas. Para responder a essa nova pergunta, o presente trabalho irá utilizar dados sobre o conjunto de bibliotecas do Sistema Bibliotecas e Informação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (SIBI-UFRJ), através da Estatística Descritiva, para traçar um perfil evolutivo do SIBI desmembrando-o em três grandes conjuntos designados por área de conhecimento. Esses conjuntos serão: as bibliotecas de Ciências Humanas e Sociais, as bibliotecas das Ciências Exatas e das Tecnologias, e as bibliotecas das Ciências da Saúde. Os perfis serão traçados levando em conta sete variáveis, divididas em Insumos - Área, Acervo e Funcionários - e "Produtos" (serviços): Fluxo, Consultas, Inscrições e Empréstimos. Serão analisadas, ainda, algumas variáveis sob forma de indicador, a fim de minimizar possíveis disparidades que o tamanho das bibliotecas possa causar ao entendimento dos dados. A partir da análise dos dados empíricos, procura-se responder a pergunta de pesquisa, levando em consideração as possíveis mudanças no comportamento dos usuários no decorrer do período; procura-se, também, verificar se as diferenças nessas mudanças estariam relacionadas a bibliotecas de diferentes áreas do conhecimento. Finalmente, será utilizado o método estatístico da Correlação Canônica a fim de verificar os elos entre insumos e produtos ao longo do período selecionado. Dentre alguns resultados obtidos pela pesquisa, verificamos a utilização do espaço das bibliotecas para outras atividades, maior utilização de acervo para as áreas humanas e sociais e diversos outros resultados.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração e Ciências Contábeispt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GAraujo.pdf455.38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.