Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2607
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Antonio José Barbosa de-
dc.contributor.authorDias, Janaína de Paula Vasconcellos-
dc.date.accessioned2017-08-08T18:22:42Z-
dc.date.available2017-08-10T03:00:17Z-
dc.date.issued2017-01-05-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2607-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.subjectMemóriapt_BR
dc.subjectIdentidadept_BR
dc.subjectIdeologiapt_BR
dc.subjectRock brasileiropt_BR
dc.titleA geração Coca-Cola entende que país é este?: uma análise discursiva de efeitos de memória e suas ressignificações em composições de Renato Russopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCo1Costa, Robson Santos-
dc.contributor.referee1Dantas, Regina Maria Macedo Costa-
dc.contributor.referee2Silva, Maria Célia Barbosa Reis da-
dc.description.resumoAs composições de Renato Russo foram grandemente aclamadas pela mídia e pelos fãs em geral. Suas músicas são tocadas nas rádios de todo o Brasil, e conquistam novos fãs a cada dia, mesmo depois de vinte anos do falecimento do cantor. O presente estudo pretende compreender como se dá as relações de efeitos de memória e as ressignificações de suas letras no contexto do país atualmente. Para isso, foi necessário entender quem foi Renato Russo enquanto sujeito, como se deu a formação cultural de sua identidade, e qual foi a influência do rock e impacto de viver em Brasília na sua música. A metodologia foi de caráter qualitativo e documental. Foram aplicadas as teorias da Análise do Discurso em conjunto com os conceitos de Memória, Identidade e Ideologia, objetivando assim, entender a Formação Discursiva que perpassa sua obra. A análise e os resultados obtidos evidenciaram uma forte crítica sócio-política em suas letras, que foram trabalhadas pelo artista de maneira a serem atemporais, evitando citar eventos ocorridos. E é precisamente por causa dessa atemporalidade, que hoje pode-se ressignificar a memória evocada ao escutar suas canções, associando a novos eventos de ordem política e social.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração e Ciências Contábeispt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Janaína Dias.pdf350.22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.