Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2674
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarneiro, Fernando Luiz Lobo Barboza-
dc.contributor.authorMansur, Webe João-
dc.date.accessioned2017-08-15T17:49:49Z-
dc.date.available2017-08-17T03:00:15Z-
dc.date.issued1975-12-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2674-
dc.description.abstractThe purpose of this work is to verify the correctness of the limitations established in Chapter 2, Item A.9, of the Brazilian Standard Code NB-1 according to which the inclination of haunchs used to settle the height of slabs and beams at the supports must be 1/3 as a maximum. This study embodies a comparation of the behavior of a symmetric fixed-end beam with retangular cross section analysed by the finite element method and by the theory of mechanics of materials, adopting in the last analysis two hypotheses relative to the axis of the beam: 1. The axis is straight; 2. The axis is the line passing through the midheight of the cross section. The analysis of the beam, according to the second hypothesis, leads to better results than the first one. The limitation imposed by NB-1 Standard Code (inclination of haunchs smaller than 1/3) is correct. There is a computer program herein, for the analysis of plane frames with haunched members.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMétodo dos elementos finitospt_BR
dc.subjectAnálise de variânciapt_BR
dc.titleAplicabilidade da hipótese das seções planas a peças com variação linear ou parabólica da altura da seção transversalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4183845294337629pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9499429606822923pt_BR
dc.description.resumoNo presente trabalho é feito um estudo visando comprovar a limitação estabelecida no Capítulo 2, item A.9 da NB-1, a qual não permite que se considere para a fixação da altura de lajes e vigas nos apoios, no cálculo de dimensionamento, inclinações de mísulas maiores que 1/3. O estudo consiste na comparação do comportamento de uma haste simétrica bi-engastada, analisada pelo método dos elementos finitos e pela teoria da resistência dos materiais, admitindo-se nesta última análise duas considerações para o eixo da haste: 1. O eixo é reto; 2. O eixo passa pelos pontos médios das alturas das seções. A limitação preconizada pela NB-1 (inclinações menores que 1/3) foi confirmada. A análise da haste com a consideração do eixo passando pelos pontos médios das alturas conduz a resultados melhores que a análise com a consideração de eixo reto. É também apresentado um programa automático para a análise de pórticos planos que contenham elementos com mísula.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenhariapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVILpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
141627.pdf3,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.