Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2723
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOrlandi, Eni de Lourdes Puccinelli-
dc.contributor.authorSouza, Tania Conceição Clemente de-
dc.date.accessioned2017-08-18T18:43:46Z-
dc.date.available2017-08-20T03:00:23Z-
dc.date.issued1994-07-25-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2723-
dc.description.sponsorshipFAPESPpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Estadual de Campinaspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.subjectLínguas indígenaspt_BR
dc.subjectLíngua bakaiript_BR
dc.subjectGramática gerativapt_BR
dc.titleDiscurso e oralidade: um estudo em língua indígenapt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3674250332927722pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6982352616178640pt_BR
dc.description.resumoAnálise a língua Bakairi, lingüisticamente classificada na família Carib, ramificação sul. Em termos amplos, tem como objetivo a análise do discurso indígena, elaborada a partir da interrelação dos diferentes níveis lingüísticos. Nos moldes da Análise do Discurso oriunda de Pêcheux, descreve o discurso indígena tendo por base a materialidade da língua Bakairi, assinalando, em especial, as marcas do contato do Índio com o não índio, inscritas no discurso indígena. Em termos teóricos, vem acrescentar de que forma deve-se definir a oralidade, quando se trabalha com uma língua de oralidade, fato que descarta a escrita como categorização das marcas de oralidade. Sob essa perspectiva, o conceito de materialidade linguística é repensado não apenas em função da historicidade dos enunciados um a um, mas também em função da historicidade da própria língua – o predomínio da oralidade. A sustentação da oralidade como fator de constituição da língua indígena está ancorada no princípio de dialogia de Bakhtin e na concepção de heterogeneidade(s)enunciativa(s) de Authier, no caso, resultante do dialogismo de Bakhtin. As marcas de oralidade representam a historicidade do idioma e, nelas, se inscreve toda a dimensão da heterogeneidade de enunciativa, recobrindo a heterogeneidade constitutiva do discurso.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Estudos da Linguagempt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Linguísticapt_BR
dc.publisher.initialsUNICAMPpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUAS INDIGENASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Teses e Dissertações não defendidas na UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCSouza.pdf45,37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.