Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/272
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFragozo, Fernando Antonio Soares-
dc.contributor.authorOliveira, Juliana Paliologo Prima de-
dc.date.accessioned2016-05-05T17:40:00Z-
dc.date.available2016-05-07T03:00:14Z-
dc.date.issued2015-07-14-
dc.identifier.citationPALIOLOGO, Juliana. Angústia como vertigem da liberdade: Kierkegaard e a Trilogia do Silêncio de Bergman. 2015. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Radialismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/272-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCinemapt_BR
dc.subjectProdução audiovisualpt_BR
dc.subjectAnálise fílmicapt_BR
dc.titleAngústia com vertigem da liberdade: Kierkegaard e a trilogia do silêncio de Bergmanpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8778872217181908pt_BR
dc.contributor.referee1Oneto, Paulo Guilherme Domenech-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4750115014056366pt_BR
dc.contributor.referee2Alvim, Beatriz Amorim Melo-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9288885352500892pt_BR
dc.description.resumoEste trabalho pretende se aproximar da angústia existencial sob a ótica da filosofia de Søren Aabye Kierkegaard e do cinema de Ingmar Bergman, especificamente os três filmes que compõem a Trilogia do Silêncio. Dada a interlocução de suas obras mediante pensamentos ressonantes, a monografia apresentada propõe explorar também os pontos de cisão entre os autores no que diz respeito à angústia e às inquietações que por ela são envolvidas. Para tanto, desvinculou-se a relação de sujeição de uma obra a outra; ao contrário, admitiu-se tanto as imagens quanto as palavras como instâncias autônomas e potentes na produção – ou potencialização – da questão. Assim como o campo de subjetividade em que Bergman e Kierkegaard operam relativiza quaisquer conceitos ou conclusões, também este projeto não se dispõe a encontrar respostas para a problemática levantada, mas apenas apontar leituras possíveis.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RADIO E TELEVISAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Radialismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA - ARQUIVO CONSOLIDADO final.pdf956,02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.