Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2760
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVaz, Paulo Roberto Gibaldi-
dc.contributor.authorGomes, Bruna Senos Queiroz Gomes-
dc.date.accessioned2017-08-31T18:58:57Z-
dc.date.available2017-09-02T03:00:19Z-
dc.date.issued2010-12-08-
dc.identifier.citationGOMES, Bruna Senos Queiroz. Os vícios do jornalismo de crime no Rio de Janeiro: uma análise de discurso e seus reflexos sociais. 2010. 181 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2760-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectJornalismopt_BR
dc.subjectVerdadept_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.titleOs vícios do jornalismo de crime no Rio de Janeiro: uma análise de discurso e seus reflexos sociaispt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5987778390189807pt_BR
dc.contributor.referee1Bentes, Ivana-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1298675801318069pt_BR
dc.contributor.referee2Lissovsky, Mauricio-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8617902192670705pt_BR
dc.description.resumoDiscussão acerca das diferenças de cobertura e tratamento dados pela imprensa carioca aos crimes ocorridos com pessoas de diferentes regiões e classes sociais do Rio de Janeiro, ora valorizando o sofrimento da classe média, ora diminuindo a importância dos episódios em que as vítimas são os mais pobres. Para tanto, o projeto apóia-se no conceito de noticiabilidade, através do qual a mídia constrói uma realidade de acordo com seus interesses, e em uma análise dos discursos contidos em duas coberturas concretas e recentes ocorridas na capital fluminense: o assassinato do jovem Júlio César de Menezes Coelho, um atendente de lanchonete; e o ataque armado contra o carro do Juiz do Trabalho Marcelo Alexandrino da Costa Santos. Ambos os casos envolveram erros parecidos por parte da Polícia do Rio de Janeiro, facilitando uma comparação. O objetivo do trabalho é mostrar como a mídia alimenta a cultura do medo a partir de seu recorte tendencioso e, para isso, ele se utiliza de obras de teóricos dos campos de Comunicação, Filosofia, Filosofia da Linguagem e Sociologia, como Muniz Sodré, Michel Foucault, Austin e David Altheide, respectivamente, para desenvolver seu ponto.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BSQGomes.pdf11,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.