Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2906
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorWerneck, Mauro Lúcio Guedes-
dc.contributor.authorPacheco, Edward Barros-
dc.date.accessioned2017-09-25T18:07:49Z-
dc.date.available2017-09-27T03:00:13Z-
dc.date.issued1978-04-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2906-
dc.description.abstractAnalysis of the laboratory tests developed to choose the procedure for the determination of ''maximum" and "minimum" density of sand and finishes, adopting "dynamic compactation'' and the Kolbuszewski 's Method'' to obtain the maximum and minimum density respectively. The second part, the characterization and "direct shear'' tests performed on nine different kinds of sand are analysed. The resultant datas enables us to verify the influence of some ''granulometric characteristics" of sand on "shear resistance'' and "dilatance''. It is also presented a procedure which permits to obtain the correlation "friction angle" X "relative density", performing an unique serie of shear test at constant density. Finally, in the third part, some existing propositions are analysed to evaluate the relative density and friction angle of sand, starting from the datas obtained from Standard Penetration Test. It was shown that ''Bazaraa Position''(1967), to evaluate the relative density, was the only one that got more close to the field datas. It is evident, therefore, that it can be correlated "friction angle", "SPT" and ''Depness'', although, it seems not to exist only one function for different kinds of sand.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectResistência dos materiaispt_BR
dc.subjectDensidadept_BR
dc.subjectAreiapt_BR
dc.titleEstudo da resistência ao cisalhamento e densidade relativa das areias e correlações com o SPTpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.referee1Lacerda, Willy Alvarenga-
dc.contributor.referee2Velloso, Dirceu de Alencar-
dc.description.resumoAnalisados vários ensaios de laboratório, visando a escolha de procedimentos para a determinação das densidades máximas e mínimas das areias, culminando com a adoção da compactação dinâmica, utilizando um equipamento reduzido, para determinação da densidade máxima e do método de Kolbuszewski para a obtenção das densidades mínimas. Na segunda parte, os dados obtidos, após ensaios de caracterização e cisalhamento direto em nove areias, possibilitou a verificação da influência de algumas características granulométricas das areias na resistência ao cisalhamento e na dilatância. Apresenta-se ainda um procedimento que parece permitir a obtenção da relação ângulo de atrito x densidade relativa, a partir apenas de uma sequência de ensaios de cisalhamento direto em uma única densidade. Finalmente, na terceira parte, são analisadas algumas proposições existentes para avaliação da densidade relativa e ângulo de atrito interno das areias, em função dos resultados de sondagens a percussão, verificando-se que a proposição de Bazaraa (1967), para avaliação da densidade relativa, foi a que mais se aproximou dos resultados de campo. Evidencia-se, ainda, que podem ser correlacionados o ângulo de atrito, SPT e profundidade, porém parece não haver uma relação única válida para qualquer areia.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenhariapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::CONSTRUCAO CIVIL::MATERIAIS E COMPONENTES DE CONSTRUCAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
149062.pdf2.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.