Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/298
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVaz, Paulo Roberto Gibaldi-
dc.contributor.authorGalvão, Luíza Lopes-
dc.date.accessioned2016-05-10T13:10:05Z-
dc.date.available2016-05-12T03:00:09Z-
dc.date.issued2014-12-10-
dc.identifier.citationGALVÃO, Luíza Lopes. O criminoso, o policial e a vítima no cinema brasileiro: a transformação da construção dos personagens desde a década de 60 até os anos 2010 à luz da passagem histórica da norma ao risco. 2014. 53f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Radialismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/298-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCinemapt_BR
dc.subjectPersonagempt_BR
dc.subjectAnálise fílmicapt_BR
dc.titleO criminoso, o policial e a vítima no cinema brasileiro: a transformação da construção dos personagens desde a década de 60 até os anos 2010 à luz da passagem histórica da norma ao riscopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5987778390189807pt_BR
dc.description.resumoEste trabalho analisa através da historiografia do cinema brasileiro – da década de sessenta até os dias atuais – as transformações ocorridas nas formas como o personagem-criminoso, o personagem-vítima e o personagem- policial são representados. Encontramos no meio ficcional, que muitas vezes se pretende documental, um objeto de estudo para buscar compreender a mudança do pensamento social no que concerne à questão do risco. Para tal análise, nove filmes foram mobilizados. O assalto ao trem pagador (Roberto Farias – 1962), O bandido da luz vermelha (Rogério Sganzerla – 1968), Lucio Flávio, o Passageiro da agonia (Hector Babenco – 1977), Pixote, a lei do mais fraco (Hector Babenco – 1981), Cidade de Deus (Fernando Meirelles – 2002), Tropa de Elite (José Padilha – 2007), Última parada 174 (Bruno Barreto – 2008), Tropa de Elite 2 – O inimigo agora é outro (José Padilha – 2010) e Alemão (José Eduardo Belmonte – 2014).pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RADIO E TELEVISAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Radialismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia - Luiza - Final - Pré-texto (2 files merged).pdf471,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.