Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/3137
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMaia, Maria Vitória Campos Mamede-
dc.contributor.authorGuedes, Camila Cruz-
dc.date.accessioned2017-11-09T11:25:41Z-
dc.date.available2017-11-11T02:00:32Z-
dc.date.issued2015-07-
dc.identifier.citationGUEDES, Camila Cruz. A aprendizagem e escolarização de crianças psicóticas: um olhar para a esquizofrenia na infância. 2015. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/3137-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducação especialpt_BR
dc.subjectPsicanálisept_BR
dc.subjectPsicose infantilpt_BR
dc.subjectEsquizofreniapt_BR
dc.titleA aprendizagem e escolarização de crianças psicóticas: um olhar para a esquizofrenia na infânciapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0576323713492756pt_BR
dc.contributor.referee1Carneiro, Cristiana-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3154929961370636pt_BR
dc.contributor.referee2Vieira, Camila Nagem Marques-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8067351052824030pt_BR
dc.description.resumoLevanta as questões em relação à aprendizagem e escolarização de crianças psicóticas, tentando um olhar para a esquizofrenia, chegando a algumas conclusões, tendo em vista que este ainda é um assunto pouco discutido no campo educacional. Para entendermos o que é a psicose e como as crianças psicóticas podem aprender as coisas que elas não aprendem, assim como para investigarmos como se dá o processo de escolarização destas crianças, que de uma maneira ou de outra são excluídas do ambiente escolar, recorremos à Psicanálise, buscando autores como Winnicott (1999), Pereira e Berlinck (2006) e Dias (1999), que nos possibilitam entender como a psicose infantil pode acontecer, e Jerusalinsky (2010), que utiliza de uma abordagem lacaniana para aprofundarmos sobre a aprendizagem e escolarização das crianças psicóticas. De acordo com a nossa revisão bibliográfica, e com ela concordamos, o ato de inclusão vai além da presença da criança no espaço escolar, são preciso saberes em relação a estes alunos, que nem sempre a escola possui. A Educação Terapêutica vista, de acordo com COLLI (2006), KUPFER (2006) e PETRI (2003), a possibilidade de unir Psicanálise e Educação na busca do atendimento adequado às crianças psicóticas, entendendo suas reais necessidades. Por meio de um estudo do Lugar de Vida – Centro de Educação Terapêutica - pode-se entender melhor a questão da importância do espaço escolar para a criança psicótica, analisando de forma mais acurada como é realizado o processo de inclusão na rede regular de ensino, sempre que possível, com o exemplo do Grupo Ponte.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIALpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CCGuedes.pdf700,34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.