Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/3229
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFernández, Silvina Julia-
dc.contributor.authorNeves, Carina Guimarães das-
dc.date.accessioned2017-12-01T18:29:03Z-
dc.date.available2017-12-08T02:00:42Z-
dc.date.issued2016-03-
dc.identifier.citationNEVES, Carina Guimarães das. A formação do gestor escolar: conhecimentos e/ou saberes necessários para a ação profissional. 2016. 85 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/3229-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEscola públicapt_BR
dc.subjectGestão escolarpt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.titleA formação do gestor escolar: conhecimentos e/ou saberes necessários para a ação profissionalpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4031711541635511pt_BR
dc.description.resumoDiscuti a Formação de Gestores de escolas públicas do município de Duque de Caxias. Neste estudo, temos como problemática as possíveis convergências e divergências entre o discurso pedagógico acadêmico e as ações desenvolvidas pelos profissionais gestores no cotidiano escolar. Com isso, procura-se conhecer qual é o papel dos saberes aprendidos na formação inicial e continuada desses profissionais na ação cotidiana escolar. Assim, indagamos: qual o referencial de conhecimentos adotado pelos gestores na hora de tomar decisões no seu fazer profissional? Nessa perspectiva, temos como objetivo: Analisar a formação acadêmica do Gestor Educacional (Diretor, Vice-Diretor, Orientador Educacional e Orientador pedagógico) no município de Duque de Caxias; Investigar quais são os requisitos legais básicos para que o Gestor assuma o cargo nas escolas da rede; Verificar se os Gestores possuem algum tipo de formação específica na área de administração escolar; Estudar se essa formação específica contribui na hora de tomadas de decisões e Quais são os critérios e fontes em que os gestores se baseiam para tomar decisões. Para isso, utilizamos como referências bibliográficas os seguintes autores: Paro (2012), Russo (2004), Marinho (2014), Silva (2006) Félix (1989), Libâneo (2006), Calixto (2015), Drabach (2013), entre outros. A metodologia utilizada, de enfoque qualitativo, se baseia na realização de entrevistas semiestruturadas com as equipes gestoras de quinze escolas selecionadas que atende uma população similar, mas que apresentam os maiores e os menores Idebs (Índices de Desenvolvimento da Educação Básica). Paralelamente,realizamos pesquisa documental na legislação nacional e local sobre o tema em foco. Assim, verificamos que, neste município, os Diretores e Vice-Diretores acessam ao cargo por indicação/nomeação política, já os Orientadores Educacionais e Pedagógicos fazem concurso público específico. Porém, para todos esses casos, os entrevistados manifestam perceberem divergências entre o referencial teórico acadêmico e as ações cotidianas vivenciadas dentro das escolas; entretanto, também afirmam que o embasamento teórico serve de argumento e/ou respaldo para as ações desenvolvidas. Nesse contexto, a experiência, o tempo de serviço e a vivência diária da profissão são apontadas como os referenciais privilegiados nas falas dos Gestores na hora de tomada de decisões.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ADMINISTRACAO EDUCACIONAL::ADMINISTRACAO DE UNIDADES EDUCATIVASpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CGNeves.pdf550.63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.