Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3441
Tipo: Dissertação
Título: Revisão das espécies neotropicais de Scolopocryptopinae (Chilopoda : Scolopendromorpha : Scolopocryptopidae)
Autor(es)/Inventor(es): Chagas Júnior, Amazonas
Orientador: Kury, Adriano Brilhante
Resumo: Os Scolopocryptopinae neotropicais são revistos. Os caracteres taxonômicos usados na subfamília são avaliados, novos caracteres são propostos, diagnoses emendadas são fornecidas para todos os táxons. De acordo com a nova classificação proposta, a subfamília compreende dois gêneros, Dinocryptops e Scolopocryptops, e seis espécies, D. miersii, S. ferrugineus, S. melanostoma, S. inversus, S. guacharensis e Scolopocryptops sp. nova 1. As espécies Scolopocryptops aurantiacus, S. viridis, S. quadrisulcatus e S. ferrugineus riveti são consideradas nomina dubia e Scolopocryptopinae incertae sedis. Um espécime do estado de São Paulo, Brasil é “designado” como neótipo de D. miersii. Scolopocryptops ferrugineus inversus e S. ferrugineus guacharensis são elevadas ao status de espécie. Os seguintes táxons são considerados sinônimos juniores subjetivos: D. puruensis e D. miersii guaraniticus de D. miersii; e S. denticulatus e S. spinulifer de S. inversus. Distribuições geográficas são modificadas para: D. miersii (Antilhas Menores, Venezuela, Brasil e Argentina); S. ferrugineus (América Central, Antilhas e porções norte e oeste da América do Sul); S. melanostoma (América Central, algumas ilhas das Antilhas e Brasil); S. inversus (Guiana, Guiana Francesa e Brasil); S. guacharensis (Caverna do Guacharo, Venezuela). Uma espécie não descrita de Scolopocryptops foi identificada, proveniente do Parque Nacional Serra das Confusões, Piauí, Brasil, sendo a primeira espécie do gênero para a caatinga.
Resumo : The Neotropical Scolopocryptopinae are revised. The taxonomic characters used for the subfamily are evaluated, new ones are proposed, emended diagnoses are provided for all taxa. According to the new classification proposed, the subfamily comprises two genera, Dinocrytops and Scolopocryptops, and six species, D. miersii, S. ferrugineus, S. melanostoma, S. inversus, S. guacharensis and Scolopocryptops sp. nova 1. The species Scolopocryptops aurantiacus, S. viridis, S. quadrisulcatus and S. ferrugineus riveti are considered nomina dubia and Scolopocryptopinae incertae sedis. A specimen from São Paulo State, Brazil, is "designated" as the neotype for D. miersii. Scolopocryptops ferrugineus inversus and S. ferrugineus guacharensis are raised to species level. The following taxa are considered junior subjective synonyms: D. puruensis and D. miersii guaraniticus of D. miersii, and S. denticufatus and S. spinulifer of S. inversus. Geographical distribution is modified for D. miersii (Lesser Antilles, Venezuela, Brazil and Argentina); S. ferrugineus (Central America, Antilles, north and northeastern South America; S. melanostoma (Central America, some Antilles' islands, Venezuela and Brazil); S. inversus (Guyana, French Guyana and Brazil); S. guacharensis (Cueva Del Guacharo, Venezuela). An undescribed species of Scolopocryptops is recognized, from Parque Nacional Serra das Confusões, Brazil, the first species of the genus from the "caatinga" habitat.
Palavras-chave: Scolopocryptopinae
Scolopendrida
Centopéias
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Abr-2003
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3441
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
617521.pdf6,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.