Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3452
Tipo: Tese
Título: Composição da fauna bêntica rasa em duas estações (12 e 25 metros de profundidade) ao longo de um ciclo anual na Baía do Almirantado, Ilha Rei George, Antártica
Autor(es)/Inventor(es): Echeverría, Carlos Alejandro
Orientador: Paiva, Paulo Cesar de
Resumo: Foram estudadas as comunidades da megafauna, macrofauna e Polychaeta a 12 e 25 metros de profundidade na Baia do Almirantado (Ilha Rei George, Antártica), ao longo do inverno antártico (março a dezembro de 1999) e do verão antártico (dezembro 2000 a março de 2001), completando um ciclo anual. As coletas foram realizadas utilizando um busca-fundo do tipo van-Veen, em intervalos variando entre 15 dias e 1 mês, somando 13 coletas simultâneas em ambas profundidades com 6 réplicas para cada coleta. As comunidades foram significativamente diferentes entre as profundidades estudadas durante todo o período de estudo, apesar de apresentarem uma composição faunística semelhante. Não foram detectadas variações sazonais significativas ao longo do ano, sugerindo a desassociação destas comunidades em relação ao pico anual de produção primária. O impacto de icebergs e do hidrodinamismo causado por tempestades influenciaram significativamente, porém de formas diferentes, as comunidades da macrofauna e dos Polychaeta a 12 metros de profundidade. A concentração de matéria orgânica no sedimento aumentou significativamente durante o verão e diminuiu até atingir seus valores mínimos no final do inverno. Este ciclo parece ser diretamente relacionado à variação temporal na diversidade da macrofauna e dos Polychaeta, sugerindo uma dependência destes grupos com a matéria orgânica, como uma possível fonte de alimento durante o inverno.
Resumo : The megafauna, macrofauna and Polychaeta communities at 12 and 25 meters depth in Admiralty Bay (King George Island, Antarctica) were studied along the Antarctic winter (March to December 1999) and summer (December 2000 to March 2001 ), through an entire seazonal cycle. Samplings were carried out using a van-Veen bottom sampler, and were spaced about 15 days to 1 month, resulting in 13 simultaneous samplings in each depth, with 6 replicates each. Communities were significantly (p < 0.05) different between depths along the entire study, although they showed similar faunal compositions. Seasonal variations were not detected along the entire year, suggesting that these communities are not strictly linked with the summer pulse of primary production. Iceberg impacts and water motion caused by storms influenced significantly, although in different ways, the macrofauna and Polychaeta communities at 12 meters. Sediment contents of organic matter increased significantly on summer and declined along winter, reaching its lowest values at the end of this season. This pattern seems closely related with the pattern of macrofauna and Polychaeta diversity along time, and seems to suggest a interdependence between these groups and the sediment organic matter as a possible food source during winter.
Palavras-chave: Ecologia
Antártica
Baía do Almirantado
Estações meteorológicas
Barreira de gelo
Variações sazonais
Fauna bêntica
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ecologia
Departamento: Instituto de Biologia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2002
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3452
Aparece nas coleções:Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
605549.pdf11,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.