Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3505
Tipo: Dissertação
Título: Taxonomia de porífera do Arquipélago de São Pedro e São Paulo, Brasil
Título(s) alternativo(s): Taxonomy of Porifera from São Pedro and São Paulo Archipelago, Brazil.
Autor(es)/Inventor(es): Moraes, Fernando Coreixas de
Orientador: Muricy, Guilherme Ramos da Silva
Resumo: Apenas seis espécies de esponjas haviam sido identificadas no Arquipélago de São Pedro e São Paulo, Brasil, desde 1886, apesar da sua grande importância biogeográfica e estratégica. Neste trabalho foram coletados 101 espécimes de esponjas no Arquipélago, através de mergulhos livres e autônomos até 50 metros de profundidade, durante duas expedições realizadas em 2000 e 2001. Vinte e uma espécies de esponjas foram decritas, incluindo fotografias de espécimes in vivo e fixados, fotografias em microscopia ótica de cortes espêssos, micrografias eletrônicas de varredura das microscleras e desenhos das megascleras. Dezessete espécies foram identificadas ao nível de espécie e quatro ao nível de gênero, abrangendo 10 ordens de duas Classes (Demospongiae e Calcarea ). São descritas cinco espécies novas de esponjas e registradas 20 novas ocorrências para o Arquipélago. O gênero Discodermia, que produz compostos com alto potencial farmacológico, é registrado pela primeira vez para o Brasil. É fornecida uma chave para a identificação das 21 espécies descritas no trabalho. Com base em registros anteriores observações de campo e nas presentes identificações estima-se em 29 o número mínimo de espécies de esponjas no Arquipélago de São Pedro e São Paulo. A fauna de esponjas do Arquipélago apresentou uma maior semelhança com a do Caribe e Brasil que com a da África Ocidental, reforçando a teoria de uma colonização via Contra Corrente Equatorial.
Resumo : Despite its great biogeographic and strategic importance, only six sponge species have been identified from São Pedro and São Paulo Archipelago, Brazil (formerly Saint Paul Rocks ), since 1886. ln the present study 101 sponge specimens were collected in the archipelago through free diving and SCUBA down to 50 m depth in two expeditions in 2000 and 2001. Twenty-one species were described, including photographs of living and preserved specimens, light micrographs of thick sections, scanning electron micrographs of microscleres, and camera lucida drawings of megascleres. Seventeen species were identified at species level and four at genus level; they represent 10 orders of two classes of Porifera (Calcarea and Demospongiae ). Five new species and 20 new records for the archipelago are described. The genus Discodermia, known to produce compounds with high pharmacological potential is recorded for the first time from Brazil. A key to the identification of the 21 species described is given. Based on previous records, field observations and present identifications, I estimate that 29 is the minimum number of sponge species in São Pedro and São Paulo Archipelago. The sponge fauna of the archipelago has greater similarity with those of Brazil and Caribbean than with that of West Africa, supporting the hypothesis of its colonization via the Equatorial Counter-Current.
Palavras-chave: Porifera
Atlântico Central
Taxonomia
Biodiversidade
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Jul-2002
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3505
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
566919.pdf7,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.