Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3575
Tipo: Dissertação
Título: Revisão das espécies de Belostoma Latreille, 1807 (Insecta : Heteroptera : Belostomatidae) ocorrentes no Sudeste do Brasil
Título(s) alternativo(s): Revision of the species of Belostoma Latreille, 1807(Insecta : Heteroptera : Belostomatidae) from southeastern Brazil
Autor(es)/Inventor(es): Ribeiro, José Ricardo Inácio
Orientador: Nessimian, Jorge Luiz
Resumo: As espécies do gênero neotropical Be/ostoma Latreille, 1807, da região Sudeste do Brasil, foram revistas pela primeira vez. Neste trabalho, foram registradas e redescritas 22 espécies: Be/ostoma anurum (Herrich-Schãffer), B. aurivillianum (Montandon), B. bergi (Montandon), B. bosqi De Cario, B. candidulum Montandon, B. costalimai De Carlo, B. cummingsi De Carlo, B. dallasi De Carlo, B. dentatum (Mayr), B. di latatum (Dufour), B. discretum Montandon, B. elongatum Montandon, B. foveolatum (Mayr), B. horvathi Montandon, B. micantulum (Stâl), B. noualhieri Montandon, B. oxyurum (Dufour), B. plebejum (Stâl), B. ribeiroi De Carlo, B. sanctulum Montandon, B. stollii (Amyot & Serville) e B. testaceopallidum Latreille. Quatro registros são novos para essa região: B. bergi, B. bosqi, B. dilatatum e B. elongatum. Provavelmente, B. minor (Palisot de Beauvois) não ocorre na região Sudeste pois o único registro dessa espécie para a região é baseado em uma identificação incorreta. Seis novas sinonímias foram propostas: B. candidulum Montandon, 1903 (= B. amici Piza-Jr., 1975), B. ribeiroi De Cario, 1933 (= B. lundbladi De Carlo, 1963), B. stollii (Amyot & Serville, 1843) (= B. brasiliensis De Carlo, 1950, B. planum Lauck, 1963 e B. stolii Nieser & Melo, 1997) e B. testaceopallidum Latreille, 1807 (= B. grandicollum De Carlo, 1934). Foram designados lectótipos para B. aurivillianum, B. bergi e B. discretum, e um neótipo para B. costalimai. O macho de B. foveolatum é descrito pela primeira vez, e duas variações no falo dessa espécie foram encontradas. Quatro caracteres mostraram-se mais importantes para a identificação das espécies: a relação entre a maior largura do pronoto e o seu comprimento na porção mediana, o formato da carena prosternai, o padrão da pilosidade do conectivo, e a relação entre a largura do divertículo ventral e o seu comprimento, em vista ventral. Uma lista com termos morfológicos e os caracteres sugeridos para as espécies é incluída, além dos seus sinônimos, correspondentes a termos propostos por outros taxonomistas e morfologistas.
Resumo : The species of the Neotropical genus Belostoma Latreille, 1807 from southeastem Brazil are reviewed for the first time. ln this work the following 22 species were recorded and redescribed: Belostoma anurum (Herrich-Schãffer), B. aurivi/lianum (Montandon), B. bergi (Montandon), B. bosqi De Carlo, B. candidu/um Montandon, B. costalimai De Carlo, B. cummingsi De Cario, B. da//asi De Cario, B. denta/um (Mayr), B. di/atatum (Dufour), B. discretum Montandon, B. e/ongatum Montandon, B. foveolatum (Mayr), B. horvathi Montandon, B. micantulum (Stâl), B. noua/hieri Montandon, B. oxyurum (Dufour), B. plebejum (Stâl), B. ribeiroi De Carlo, B. sanctulum Montandon, B. stollii (Amyot & Serville), and B. testaceopal/idum Latreille. Four new records from this region are reporteei: B. bergi, B. bosqi, B. dilata/um, and B. efongatum. Probably, B. minar (Palisot de Beauvois) does not occur in southeastern Brazil. The single record of this species in the region is a case of núsidentification. Six new synonynúes are established: B. candidulum Montandon, 1903 (= B. amici Piza-Jr., 1975), B. ribeiroi De Carlo, 1933 (= B. /undbladi De Carlo, 1963), B. stollii (Amyot & Serville, 1843) (= B. brasiliensis De Carlo, 1950, B. planum Lauck, 1963 and B. stolii Nieser & Melo, 1997), and B. testaceopallidum Latreille, 1807 (= B. grandico//um De Carlo, 1934). Lectotypes are designated for B. aurivillianum, B. bergi, and B. discretum. A neotype is designated for B. costa/imai. The male of B. foveolatum is described for the first time. Two distinct forms in the phallus of this species were identified Four characters have proven useful for species delinútation: the ratio between the largest width of pronotum and its length in the núddle line, the aspect of the prosternai keel, the pilosity pattem in the connexivum, and the ratio between the width of the ventral diverticulum and its length in ventral view. Lists with the morphological terms and characters suggested for these species are included, together with synonyms proposed by other taxononústs and morphologists.
Palavras-chave: Brasil, Sudeste
Belostomatídeos
Taxonomia
Belostoma
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 19-Nov-1999
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3575
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
414930.pdf11,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.