Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/3778
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTaddei, Renzo Romano-
dc.contributor.authorMartha, Marcella Gouvea-
dc.date.accessioned2018-03-23T19:45:12Z-
dc.date.available2018-03-25T03:00:13Z-
dc.date.issued2011-12-07-
dc.identifier.citationMARTHA, Marcella Gouvea. Subculturas juvenis japonesas como forma de resistência. 2011. 79 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/3778-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectJuventudept_BR
dc.subjectSubculturaspt_BR
dc.subjectMulherespt_BR
dc.subjectAntropologia urbanapt_BR
dc.titleSubculturas juvenis japonesas como forma de resistênciapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3956613911250399pt_BR
dc.contributor.referee1Junqueira, Maria Helena Rêgo-
dc.contributor.referee2Kuperman, Priscila de Siqueira-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2372370088546263pt_BR
dc.description.resumoAnalisa a maneira como as subculturas juvenis japonesas, nomeadamente as Ganguros e Lolitas, representam uma forma de resistência feminina na sociedade nipônica. Desde a Segunda Guerra Mundial, com a ocupação norte-americana das ilhas japonesas, o país, até então apenas parcialmente aberto a estrangeirismos, passou a sofrer uma forte influência da cultura ocidental. Com a implantação de novas regras, novos hábitos e uma nova legislação, as mulheres japonesas puderam começar a, lentamente, deixar sua posição ainda extremamente submissa em relação ao homem para buscar seus próprios objetivos e satisfação pessoal. Com o passar dos anos, as subculturas jovens tornaram-se formas de manifestação de insatisfação por parte das gerações mais novas. Diferentemente do que aconteceu com as subculturas juvenis ocidentais das décadas de 50, 60 e 70, no Japão, as mulheres tornaram-se principais expoentes destes movimentos, encontrando nestes grupos uma maneira de expressar sua individualidade. Até hoje uma sociedade ainda muito presa a suas tradições e forte disciplina, através das transgressões das subculturas, meninas de todo o país puderam, e ainda podem, rebelar-se contra as expectativas das suas famílias de que casem-se cedo para formar uma família.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MMartha.pdf2,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.