Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/390
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Ivana Bentes-
dc.contributor.authorBittencourt, Vitor Alli Abrahão-
dc.date.accessioned2016-05-20T18:09:22Z-
dc.date.available2016-05-22T03:00:12Z-
dc.date.issued2010-07-13-
dc.identifier.citationBITTENCOURT, Vitor Alli Abrahão. Eu acho que eu estou perdendo você. 2010. 68f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação – Habilitação em Radialismo) – Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/390-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCinemapt_BR
dc.subjectProdução Audiovisualpt_BR
dc.subjectZumbipt_BR
dc.titleEu acho que estou perdendo vocêpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1298675801318069pt_BR
dc.contributor.referee1Vaz, Paulo Roberto Gibaldi-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5987778390189807pt_BR
dc.contributor.referee2Lissovsky, Maurício-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8617902192670705pt_BR
dc.contributor.referee3Fernandes, Fátima Sobral-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/6378629974313895pt_BR
dc.description.resumo“Eu acho que eu estou perdendo você” é um curta-metragem piloto que traz à tona questões sobre a morte, o luto, o amor e as formas de ser e de se apresentar ao mundo. Buscando as bases no que é visto socialmente como de mau gosto (como os elementos kitsch, camp e bregas – especialmente deste último, e através, também, do cinema de horror, especificamente o que trabalha com zumbis), o vídeo busca ainda entender, na prática, como acontecem os agenciamentos de apropriação e recombinação de diferentes aspectos culturais, transformando os códigos do mau gosto, ditados pela alta cultura, em códigos continentes de sentido, de forma e de questionamentos. Sob o tema da “transformação”, o curta-metragem é concebido esteticamente. Para tanto, sem recursos financeiros satisfatórios, trabalhou-se com a ideia de construir os próprios equipamentos cinematográficos, que possibilitaram chegar aos resultados desejados. A equipe reduzida se apresentou como o maior problema na produção deste piloto, que já foi premiado em Curitiba, Paraná, e exibido em Tóquio, no Japão.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RADIO E TELEVISAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Radialismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VAABittencourt.pdf933,54 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.