Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/3993
Type: Dissertação
Title: Estrutura e função de comunidades de insetos aquáticos em um sistema fluvial de Mata Atlântica no sudeste brasileiro, com especial referência à avaliação do conceito de continuidade de rios (CCR)
Author(s)/Inventor(s): Baptista, Darcilio Fernandes
Advisor: Nessimian, Jorge Luiz
Abstract: O presente trabalho procura trazer uma contribuição para o entendimento do funcionamento de um ecossistema de rio de tamanho médio nos domínios da Mata Atlântica no sudeste brasileiro. Inicialmente, apresentamos uma breve revisão de alguns conceitos sobre comunidades e a descrição dos principais modelos que explicam o funcionamento dos ecossistemas de rios e, em especial, o Conceito de Continuidade de Rios de VANNOTE et al.(1980). A conceituação geral dos modelos é apresentada de forma que possamos compará-la com nossos resultados. A seguir, são apresentados os estudos sobre a composição e organização estrutural das comunidades de insetos aquáticos ao longo do gradiente longitudinal da bacia do Rio Macaé no Estado do Rio de Janeiro. Foi analisada, por estatística multivariada (Análise de Correspondência e Análise de Agrupamento), a distribuição espacial das comunidades desde o trecho do rítron superior, a aproximadamente 1100 metros de altitude, até a seção do potamal superior, a aproximadamente 20 metros de altitude. Os resultados indicam que a fauna do rio Macaé apresenta uma substituição gradual das espécies ao longo do perfil, podendo ser dividida em dois segmentos distintos: uma comunidade característica do trecho superior, a qual corresponderia ao trecho que vai da 1ª à 4ª ordem de rio (sensu Strahler) e a outra típica de uma seção de 5 ª e 6 ª ordens. As maiores diversidades biológicas para as diversas ordens de insetos aquáticos ocorreram entre a 2 ª e 4 ª ordens. A comunidade não apresentou substituição temporal das espécies constituintes, nem diferenciação significativa na estrutura da comunidade ao longo do ano, refletindo uma organização altamente estável. A análise da distribuição da fauna sobre os diferentes substratos revelou que no início da estação das águas houve uma desorganização da fauna, indicando o efeito de distúrbio das chuvas intensas. Finalmente foi analisada a adequação do CCR, às condições da bacia do rio Macaé, através da avaliação de algumas de suas predições. Os resultados indicaram que várias predições foram parcialmente corroboradas, tais como: a maior diversidade observada em trechos onde ocorre a transição de uma zona predominantemente heterotrófica para uma autotrófica (4ª ordem). Foi também verificado que há uma tendência de aumento da matéria orgânica particulada fina e diminuição da matéria orgânica mais grossa ao longo do gradiente longitudinal. A variação do percentual da biomassa das categorias funcionais tróficas mostrou uma tendência semelhante às modificações previstas pelo CCR de acordo com o aumento do tamanho do rio.
Abstract: The present work intends to contribute to the understanding of a middle-sized river ecosystem placed in the Atlantic Forest of southeastern Brazil. A brief review of some concepts about communities is presented. First, as well as the description of the major models that explain river ecosystem function, especially the River Continuum Concept from VANNOTE et. al (1980). The general foundations of these models are displayed in a way that allows an easy comparison with the results presented herein. Next, the results about the composition and structure of the aquatic insects communities along the longitudinal gradient of the Macaé river basin are exhibited. The spatial distribution of these communities, from a ritral section about 11 0üm high to a potamal area at about 20m high, were ali analysed by means of Multivariate Analysis (Correspondence Analysis and Cluster Analysis). The results indicate that the aquatic macroinvertebrate fauna of the Macaé river exhibits a gradual change of species along its profile, being divided in two distinct portions: a characteristic community from the higher section, from the 1 s t to the 4 th orders (sensu Strahler) and another typical of the lower orders (5th and 6th). The highest biological diversities for the severa! aquatic insects were found between the 2 nd and 4 th orders. The community has not exhibited a temporal replacement of its constituent species, nor a significant change in the community structure during the year, reflecting a highly stable organization. The analysis of the distribuition over the different substrates has shown a disarrangement of the fauna at the beggining of the rainy season, as a result of the disturbance caused by the intensa rains. At last, the adequacy of the Macaé river basin to the RCC was analysed through the evaluation of some of its predictions. The results showed that several assumptions of the RCC were partially confirmed, such as: the highest diversity was observed in sections where there is a transition from a predominantly heterotrophic zone to an autotrophic one (4th order). lt was seen that there is a trend in increasing the fine particulate organic matter as well as a decreasing in the coarse particulate organic matter, along the longitudinal gradient of the river. The biomass variation of the trophic functional categorias has shown a picture similar to the modifications predicted by the RCC, according to the increase in size of the river.
Keywords: Brasil, Sudeste
Análise Multivariada
Rios
Insetos aquáticos
Ecologia de comunidades
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Zoologia)
Production unit: Museu Nacional
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 1998
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Zoologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
278479.pdf6,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.