Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/3996
Type: Dissertação
Title: Ocorrência, distribuição e reprodução de Cladocera (Crustacea: Branchiopoda) na Baía de Guanabara - RJ, Brasil
Other Titles: Occurrence Distribution and Reproduction of Cladocera (Crustacea: Branchiopoda) in Guanabara Bay - RJ, Brazil
Author(s)/Inventor(s): Marazzo, Andrea
Advisor: Valentin, Jean Louis
Abstract: O objetivo deste estudo foi analisar os padrões de variação espaço-temporal das cladóceras marinhas na Baía de Guanabara quanto à ocorrência, abundância, distribuição e aspectos reprodutivos. A análise das variações sazonais foram feitas utilizando-se amostras coletadas com rede do tipo cônico-cilíndrica de 200μm de abertura de malha durante o ano de 1985. Para tal, a Baía de Guanabara foi dividida em três áreas: região externa (área A), influenciada pela água costeira-oceânica; região interna (área C) influenciada pelo aporte fluvial; e uma região de transição (área B), com características intermediárias entre as duas primeiras. Duas espécies de cladóceras marinhas, pertencentes a dois distintos gêneros, foram identificadas: Penilia avirostris e Evadne tergestina. Estas espécies foram observadas nas três áreas da Baía, mas suas maiores densidades restringiram-se à região mais externa, onde foram registradas as maiores salinidades e as menores temperaturas de toda a região estudada. Penilia avirostris mostrou-se maís abundante no verão, com um máximo populacional sendo observado em março; justamente nesta época, as maiores densidades de nanoplâncton em relação ao fitoplâncton total foram verificadas na Baía de Guanabara. Evadne tergestina também mostrou-se abundante no verão, mas um pico em suas densidades foi registrado no inverno, período em que houve um aumento da densidade relativa de microfitoplâncton na Baía. Estas duas espécies de cladóceras desapareceram do plâncton no inverno: Penilia avirostris esteve ausente do pélagos de maio a agosto, enquanto Evadne tergestina desapareceu em agosto e setembro. A fecundidade das fêmeas partenogênicas de Penilia avirostris (i.e. o número de embriões presentes na câmara incubadora) atingiu o máximo de 11, enquanto as fêmeas partenogênicas de Evadne tergestina transportavam até 14 embriões em suas câmaras. Observou-se uma correlação linear entre o comprimento do corpo da fêmea de Evadne tergestina e o tamanho de sua ninhada (quantidade de embriões), mas o mesmo fenômeno não foi verificado para Penilia avirostris. Antes do desaparecimento destas duas espécies do plâncton, verificou-se uma acentuada redução no comprimento médio do corpo e no número de embriões na câmara incubadora destes organismos, bem como o aparecimento de indivíduos gametogênicos (sexuais) nas populações. Esta sucessão de fatos poderia ser explicada pela Hipótese da Depressão de BERG (1931).
Abstract: The present study investigated some aspects of temporal and spatial occurrence, abundance, distributions and reproduction of marine cladocerans in Guanabara Bay (Brazil). A seasonal analysis was made on the basis of samples obtained during 1985. Three areas were distinguished within Guanabara Bay: an external area (area A), being mainly influenced by oceanic waters; an internal area (area C), being mainly influenced by fluvial waters; and a transitional area (area B) between the two. Samples were collected during horizontal surface hauls using a conical net with 200μm mesh. Two species of marine cladocerans belonging to two genera have been found to occur in study region: Penilia avirostris Dana and Evadne tergestina Claus. These species were found to be presenteei throughout the three areas investigated, but were observed to be most abundant in externai area (area A) where waters showed higher values of salinity and lower temperatures. Penilia avirostris exhtbited greater densities in summer with a peak in March, when relative greater densities of nanoplankton organisms were observed in Guanabara Bay. Evadne tergestina also showed great abundance in summer but an prominent peak density was registered in November, period of relative higher microzooplankton densities in study region. These two species exhibited a marked seasonal variation in their planktonic occurrence: Penilia avirostris disappeared of plankton from May to August, while Evadne tergestina was absent oneself in August and September. Greatest parthenogenetic brood size of Penilia avirostris was 11, while Evadne tergestina was found to carry up to 14 embryos per batch. Correlation was found between body length and brood size to Evadne tergestina, but not to Penilia avirostris. Two mouths before disappearance of cladoceran species of plankton, both Penilia avirostris and Evadne tergestina exhibited lowest mean number of parthenogenetic eggs or embryos per batch, reduction of mean body-size and sexual organisms appeared in populations. This relationship could be explained by BERG's Depression Hypothesis (1931).
Keywords: Branquiópodes
Guanabara, Baía de (RJ)
Cladóceros
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::COMPORTAMENTO ANIMAL
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Zoologia)
Department : Museu Nacional
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 16-Nov-1998
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Zoologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
273329.pdf5,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.